Os InVerSos dEnTROoo De MiM!

Seja Bem Vindo em Meu Blog!
Desejo Muito que Possa Apreciá-lo. São Textos e Poemas Escritos Por Mim.
Eu Gosto Muito de Escrever... Na Verdade, Eu Amo Escrever.



domingo, 12 de dezembro de 2010

Agora Sei Quem é o Meu Amigo Secreto!


Agora Sei Quem É O Meu Amigo Secreto! 

Um que vive em solidão?
Um que é maluco e brincalhão?
Um que é forte e bonitão?
Ou um  intelectual que tem sempre razão?
Talvez será apenas um que doa muita atenção!
Talvez é ela ... A pessoa mais bela!

E eu agora passei a saber e...
Pela cor escura, tem  como entender! 
Elas que me desculpem, 
Mas o Meu Amigo Secreto é Ele!


Falando com Ele
Olá amigo secreto ...
Quase não resisti em esperar, 
Este tal dia chegar!
Quando revelaram o segredo,
Sentia vontade em começar,
Desde já a te presentear...
Sei quem você é,
Mas não posso revelar,
Para a brincadeira não acabar...
Assim, você vai ter que adivinhar,
Mas vou tentar dificultar!
Facilitei um pouco no inicio,
Para você se prender aqui como um vicio!


Quando vi no seu Blog a sua fotografia, pensei: "  Nesta revelação, eu vou tentar não usar tanto a razão e sim um pouco de magia, emoção e brincadeira, pois... De todas as minhas classificações, pude perceber que você é bonitão de montão!
E fiquei me perguntando:
"Será que é também brincalhão? Eu acho que não!"


Seu blog revela uma coisa que é notória:
Come livros com arroz e feijão, misturado com farinha...
Posso até dizer que quando olha para um livro, se apaixona com sua alma, pensando ser uma linda mulher que o acalma! 
E foi por isso que a partir de hoje, tomei uma decisão: 
Vou alimentar minha alma nas bibliotecas, para poder chamar sua atenção!
To brincando não!


Foi já confirmado, é intelectual mas... Não sei se tem sempre razão! Isto eu não posso dizer, porque ainda não deu para entender! 
Se você é um que doa muita atenção... Também acho que não! Não tem tempo, porque tem páginas e páginas para folhear e ler e o tempo que sobra, é para dormir e sonhar, deve ser!
Mas imagino que quando pode dar atenção, a conversa vai ao longo, por ter em mente tanta coisa a discutir que esquece de ir dormir!

Em seu Blog, eu encontrei de tudo que se possa apreciar e entre os livros que ele aprecia, encontrei alguns dizeres que me tocou de uma maneira absoluta. E lendo, eu comecei a imaginar, o que é ter um poder assim tão forte, ao ponto de conseguir dominar outras seres humanos, apenas usando a mente e um lápis... Eu desejaria tanto ter este poder, nem que fosse apenas para 20 pessoas.
Assim dizia o trecho que li:
"O Idiota é um desses livros que, começada a leitura, não nos larga nem depois que terminamos a última página. Por bastante tempo, tanto suas personagens quanto as cenas e algumas de suas discussões políticas, teológicas e sociais andam conosco, mesmo que já tenhamos começado outro livro. Para se libertar um pouco (completamente não vai dar...), só mesmo um volume à altura. Do mesmo jeito, a tentação de relê-lo sempre permanece, já que O idiota é um desses livros que nos deixa a impressão de que, depois da décima leitura, ainda não estará esgotado.
Não digo, porém, que a obra-prima de Dostoiévski tenha, por exemplo, a capacidade de nos afastar do mundo. Os melhores livros causam justamente o efeito contrário. Parece que tudo fica mais vivo. Sempre que fechamos um livro como esse, sentimos que talvez o mundo tenha alguma esperança."

Sabe meu amigo, eu imagino que em sua mente, tem um mundo de belezas que quando ao fechar seus olhos, veem ao seu redor, coisas belas da natureza!


Pois quem gosta de ler, sempre consegue ver tudo que o escritor descreve!
 
Você sabe o que eu digo! Porque ao te conhecer, eu pude perceber que você, quando não é o leitor, faz a parte do escritor e se for como eu, você fecha os olhos e vê tudo como se o mundo fosse seu! Assim, este escritor deixa um pouco de mistério no ar... Levando o leitor a imaginar!

Esse mundo viajante eu acho sublime! 
A gente depois que viaja... E vê... E escreve... Ao retornar parece que fez ginástica, porque todo corpo relaxa! 
Os pensamentos desse viajante, vão atrás de uma alma perdida no tempo, e quando a vê, a descreve através do vento!
 Aymée Campos lucas


No seu Blog, eu gostei de tudo que vi... Ali eu aprendi! 
Aprendi tanta coisa que ainda não conhecia! E quero aprender muito mais!
Vou dizer a verdade, o seu Blog parece uma enciclopédia. 
E quem entra ali, pode ver todos os escritores deste mundo... Do drama à comédia! 
Mas pude também perceber, que eu ali não estava! Será que este dia vai chegar?

Quanto ao que te presentear, por te ver intelectual, poderia uma gravata te dar, para ficar mais elegante, quando pelas ruas estiver a caminhar... 
Mas um presente assim não tem senso, deveria atravessar este oceano imenso!
Não tem como ser uma roupa, um perfume ou nenhum objeto que possa entregar em suas mãos... Então,
quero te presentear obras riquíssimas para sua estante de:

Sándor Márai

                                                      

A Mulher Certa
O último livro de Sándor Márai. Em 1941 Márai publicou Az Igazi [A Mulher Certa], romance composto por dois longos monólogos. Na edição alemã de 1949 (Wandlungen der Ehe), o autor adicionou uma terceira parte, escrita durante o seu exílio em Itália; em 1980 Márai, reescreveu esta terceira parte, na qual adicionou um epílogo. A edição atual reúne as quatro partes que constituem o romance.
O romance começa em Budapeste onde uma mulher conta a uma amiga como descobriu o adultério do seu marido. Por outro lado, um homem confessa a um amigo como abandonou a sua mulher por outra, e uma terceira mulher revela ao seu amante como se casou com um homem cheio de dinheiro para sair da pobreza. Márai com seu domínio total da linguagem dá voz cada um desses três personagens. Apresenta-nos a esses três pontos de vista, essas três sensibilidades diferentes que desvendam uma história cheia de paixões, mentiras e crueldade.


As Brasas- de Sandor Marai
Após 41 anos, dois homens, que eram inseparáveis dos jovens, de volta a encontrar um castelo no sopé dos Cárpatos. Um passou as últimas décadas no Extremo Oriente, o outro não se moveu de sua propriedade. Mas ambos viveram até este momento. Nada mais importava para eles. Por quê? Por que compartilhar um segredo que tem uma força singular, "uma força que queima o tecido da vida como uma radiação maligna, mas ao mesmo tempo, dá calor à vida e mantém em tensão". Tudo converge para um "duelo de espadas" - e muito mais cruel. Entre eles, a sombra, o fantasma de uma mulher. E o leitor sente o aumento da tensão, linha após linha, até a insostenibile enquanto fluindo prosa urgente, afiado, sem fugir.


O Legado de Eszter
Ed. Companhia das Letras -2001 – Tradução - Paulo Schiller.
Novela que conta a história de Eszter, que vê voltar à casa da família o único homem que amou Lajos. Mentiroso, sonhador, ladrão de corações e usurpador do patrimônio familiar, ele retorna após 20 anos de ausência para reivindicar os direitos dos filhos que teve com a irmã de Eszter. Ela não hesitará mesmo contra o conselho de todos, a entregar-lhe tudo o que lhe restou, na esperança de reviver esse amor.
Com sua escrita elegante e precisa Márai nos apresenta com grande sensibilidade um dos personagens mais marcantes da literatura universal.


Em 1756 Giacomo Casanova escapou das células temido da prisão mais famosa de Veneza, é nesse momento que Sándor Márai começa a sua história. Parar para descansar na vila italiana de Bolzano, Casanova garante de um empréstimo para reconstruir sua vida, e retoma a sua arte de sedução. Mas há outra razão, ele chegou a essa aldeia em particular, a memória de um duelo que ele lutou muito tempo atrás com o duque de Parma sobre uma garota chamada Francesca. Casanova perdeu a luta, Francesca se tornou a esposa do duque, o duque e poupou a vida de Casanova, na condição de que nunca pôs os olhos nela novamente. A aldeia de Bolzano é parte das terras do duque. Agora um homem velho, o Duque chega à pousada com uma carta de amor que ele tem interceptadas a partir de sua esposa para Casanova. Ele poderia matar Casanova no local, mas sim lhe faz uma oferta irresistível, que acabará por ser a queda da amante notório.


Divórcio em Buda
Ed. Companhia das Letras -2003 - Tradução - Ladislao Szabo.
Mais uma vez, Sándor Márai narra o reencontro de dois homens, depois de anos sem se falar, e que esperam por um acerto de contas. Entre eles uma mulher. Escrito em 1935, o livro tem como protagonista um austero juiz de direito que está prestes a oficializar a separação de um médico e a esposa, ambos foram seus amigos de juventude. Com riqueza de detalhes o romance mostra a decadência de uma sociedade burguesa diante da Segunda Guerra Mundial e desvenda os cantos mais obscuros da mente do ser humano.


Na véspera de oficializar a separação de um casal, o juiz Kristof Kömives se surpreende em receber a visita do marido e ouve um relato capaz de reabrir feridas há muito cicatrizadas. Divórcio em Buda faz uma rica descrição da burguesia decadente na Hungria dos anos 30, numa narrativa de grande densidade psicológica.

Ed. Companhia das Letras -2004 – Tradução Paulo Schiller.
Escrito nos anos 1930, o período mais produtivo da carreira do escritor húngaro Sándor Márai, o livro traz um relato fiel da burguesia de seu tempo. Mais do que tudo Sándor Márai nos ensina sobre as dores e dificuldades da passagem para a vida adulta.
No final de 1918, a pequena cidade de Kassa, fica profundamente marcada pela guerra que apesar de distante modifica a vida de seus moradores. Quatro rapazes, a princípio movidos apenas pela curiosidade inconsequente da juventude, começam a cometer pequenos crimes. Jovens e ingênuos, aos poucos os quatro rebeldes, estendem suas pequenas ousadias e partem para o caminho dos prazeres e da transgressão dos jogos de azar, do fumo, do roubo e da bebida. São facilmente seduzidos por um ator que promete lhes desvendar os segredos da vida.



Escrever as próprias memórias aos 34 anos pode parecer um pouco estranho. Mas não muito se o autor das tais memórias puder contar que, nesses 34 anos, sua cidade natal mudou de país - aliás, seu país natal já não existe-, ele rompeu com a família, a Europa enfrentou a primeira das suas guerras mundiais e o sistema de valores em que ele foi criado se acabou. Confissões de um burguês são as memórias do escritor húngaro Sándor Márai. A obra pode ser classificada como um romance de formação, no qual o autor apresenta e analisa sua casa e sua família, os antepassados que o forjaram, a formação escolar, o trabalho como jornalista e as diversas cidades em que viveu até resolver voltar.

São riquíssimas as suas obras... Sándor Márai, um grande escritor que demorou ser reconhecido por muitos Paises! 
Sei que também são objetos estes livros e que não teria como chegar a você, mas como disse antes, estou apenas enriquecendo sua biblioteca fazendo com que você possa conhecê-lo, com todas as suas obras!
Eu pessoalmente estou lendo: La Donna Giusta(A mulher certa) e é um livro muito envolvente!


E no final de tudo, para que o seu natal seja sublime, te presenteio este banco e junto à ele, uma grande sombra perto de um rio, que para  para você tem um enorme valor!
Um banco às margens do Rio São Francisco na cidade de Riopara...
Eu imagino que nesta cidade perto de um rio assim, você vai poder fazer suas leituras ou escritas sempre em paz!  
Vou descrever para você como é este rio na cidade Riopara...

..."Todas as construções ladeavam a margem direita de um volumoso rio de águas verde barrentas, que no seu leito largo, arrastavam vagarosamente seixos e areias brancas, vegetação arbustiva e enormes touceiras de capim arrancadas das margens, que quando encalhavam nas pedras formavam ilhotas ao longo do seu curso. Devido à sua posição e altitude em relação às margens, a natureza que servia de berço a Riopara atordoava pela imensa beleza. Tinha-se uma vista que espantava qualquer cansaço: límpidas praias temporárias, lagoas, baixios e ilhas; barcos e velas na direção do rio; rochedos, montes e serras no rumo da caatinga. Riopara era assim: natural e híbrida, intensamente fluvial, tornando-se gradativamente não-urbana, agreste, transmudando-se em terras e plantas semiáridas."

Fragmento -1 de Parabólicas e Mandacarus

Seu futuro livro é realmente emocionante, envolvente e instrutivo. Parabéns! Eu desejaria haver em minha estante com seu autógrafo.


Muitos lápis para você poder escrever sempre que você sentir vontade... Desejo que suas mãos sejam sempre guiadas por sua exemplar mente!


Quero também desejar que em seu coração, possa sentir o seu lado criança e acreditar que realmente Papai Noel existe e que de seguro ele desce pela chaminé, trazendo muitos chocolates fundentes com casquinha de laranja!


Eu gostei muito do meu Amigo Secreto que se chama:

Gostei tanto de seu EGRÉGORA: TAGS, que passei horas ali vendo ele rodar e eu escolhendo os temas para ler... E eu queria que o meu fosse assim!

 
Te ofereço esta linda Rosa para perfumar seu coração!
 
Queria dizer que sou um pessoa muito brincalhona, e aquela brincadeira la da biblioteca, foi um de meus exageros, para fazer com que todos se divertissem através de minha postagem! 
Gostei realmente de te conhecer! 
Obrigada por estar seguindo o meu Blog! Farei o meu melhor para recompensar!
Um Grande abraço de sua mais nova amiga, Aymée Campos Lucas, uma futura escritora! Ou talvez uma escritora de futuro!
Uma frase modificada pode mudar tanto o sentido dela não?!

Desejo um lindo Natal para você e sua família, com tanto sabor de Natal!  
E' um pouco exagerado eu sei... Eu nunca na verdade vivi um Natal cheio de luxo assim, mas eu achei tão belo!
O importante é encontrar sempre Paz, muita Paz , serenidade em sua vida!
Um Grande Abraço! Feliz Natal!
Aymée Campos Lucas


37 comentários:

  1. Aymée que lindo post para anunciar o seu amigo oculto. Suas rimas e palavras carregadas de bons desejos.
    Tenho certeza de quando ele aqui chegar irá se encantar.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Querida Amiga;



    Você foi minha amiga, Secreta por algum tempo!
    A partir deste momento não seremos mais secretos!
    Espero que sejamos Grandes Amigos,
    mesmo que as distâncias sejam muros entre a nossa amizade.
    Espero que possamos ultrapassar esta barragem!




    Carinhosamente,



    Machado de Carlos

    ResponderExcluir
  3. Aymée, você não fez uma apresentação de amigo secreto. Você deu um show.

    Que homenagem fantástica ao Luiz. E, aliás, que coleção literária maravilhosa. Muito bom gosto.

    Abraços.

    Marcio

    ResponderExcluir
  4. Aymée você mmergulha fundo nas suas postagem linda homenagem feita com esse seu coraçãozinho grandão Felicidade amiga!

    ResponderExcluir
  5. Show de postagem para revelar seu amigo secreto.

    Bom domingo pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. LINDO TEXTO SEU AMIGO COM CERTEZA FICOU MUITO FELIZ COM A HOMENAGEM!

    ResponderExcluir
  7. Moça bonita você é DEZ!!!
    Que maravilha de homenagem.
    Com certeza o Luiz vai a d o r a r!!!
    Saiba, eu particularmente fiquei maravilhada com tanta ginga de palavras
    Parece que elas fluem com a alegria absoluta com que a entendemos
    Amei querida Aymée
    Parabéns!

    Fernanda.

    ResponderExcluir
  8. Aymée- Amada, ainda é cedo aqui no Brasil, mas o meu dia já está completo. Fiquei emocionado e felicíssimo com a sua homenagem. Não podia ser diferente quando se recebe um presente assim, no qual se nota tanto carinho e zelo.
    Quanto a minha pessoa, como diz um grande amigo meu, tenho esse aspecto misterioso e enigmático como o sorriso da Monalisa, mas lá no fundo, sou um menino extremamente brincalhão, muito introspectivo, mas também, extremamente alegre e divertido. Enfim, sou uma pessoa de bem consigo mesma. Gosto muito de mim.
    E por fim, muitíssimo obrigado, um abraço afetuso e um beijo na alma.

    Em tempo: para colocar a nuvem de etiquetas no blog, siga cuidadosamente as instruções prescritas no link: http://www.bloggerbuster.com/search/label/Labels%20Categories%20and%20Tags

    ResponderExcluir
  9. Anjo, só posso te chamar de anjo né...despois da linda e carinhosa homenagem que fez minha flor, vc se destacou em seu carinho com amigo seceto, acho que a melhor de todas as que eu vi até agora, que coração terno, grande e maravilhoso vc tem, poxa seu amigo secreto deve ficar muito contente. Aqui te admiro, aqui te sigo aqui te leio, aqui te persigo, maravilha poder conhecer um anjo especial neste plano, a minha amiga secreta eu não conhecia bem, mas fui lá estudei ela e li seu coração então consegui deixar meu coração me levar. Amiga nem sei o que dizer, mas de agora em diante quero seu coração pertinho de mim.
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  10. Escreveu, menina, com a alma. Belíssimo. Parabéns. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Minha querida, estou sem palavras para dizer da emoção em te ler.
    Você foi devagarinho, nos deixando cada vez mais ansiosos para descobrir quem era o seu amigo secreto.
    Primeiro parecia ser "ela", depois vimos que era "ele", e assim foi, de uma maneira suave, sua, única e ímpar o descrevendo, o homenageando e eu amando, amando.

    Estás de parabéns querida.
    Saiba que foi um presente te conhecer através do amigo virtual de natal, quero voltar sempre que possível.

    Beijos doces no teu ♥

    ResponderExcluir
  12. Entre la no meu blog e faça a votaçao!
    Vamos debater o assunto da invasao do rio de janeiro no alemao!
    Aguardo sua votaçao
    Adorei seu bloe suas escritas para seu amigo oculto!
    segue meu blog e comente la tb!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Voltei, Aymée, para decretar: vc já é uma escritora. Esta homenagen diz tudo. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Estou muito contente por ter recebido o melhor presente de Natal! Realmente ter você como amiga, para mim é receber um presente de ouro. Desculpe-me pelos singelos versos, pois quando recebi o seu nome precisei estudar o seu blog, bem como o seu perfil para tentar criar um soneto. E então seguiram os dois.
    Mais uma vez quero deixar o meu agradecimento através de outro soneto que segue;

    Ouve!...

    Agradeço de coração, alma boa,
    Tuas palavras de amizade pura;
    A envolver-me nas as horas de amargura
    Com tua mensagem que aperfeiçoa.

    Quando o cimento oculta e me aguilhoa
    Neste limo e de pedra muito dura
    Chegas de mansinho...encontro cura!...
    — Como lhe agradecer a verbo que abençoa?

    Com tua mão perfumada esqueço a dor,
    E vivo neste orbe, farto de amor!...
    Como é bom ter o teu ombro cristalino!

    Tua amizade é a luz do meu mundo,
    Com ela perco-me num sonho profundo!...
    — Que Deus te abençoe, alma que me ilumina!...

    Um grande abraço Fraterno!

    Machado de Carlos

    ResponderExcluir
  15. Querida Aymée que forma linda de declarar quem era o seu amigo secreto virtual, muito lindo! Adorei! ;)
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  16. Ufa, q sequência!!...belíssima homenagem. Seu amigo secreto deve ter ficado muito contente depois de ter lindo tão lindas e bem elaboradas palavras, PARABÉNS!!

    SEU BLOG É LINDO, E JÁ TE SIGO!!!

    ResponderExcluir
  17. Aymée!


    Gosto muito de Beethoven, uma bela música ao piano, músicas Italiana de Gigliola Cinqueti e, músicas brasileiras. Quanto ao Heavy Metal, também gosto e, agora que você se tornou minha amiga vou gostar mais ainda.(Risos!...)

    Beijos!....

    E.T. – A Reggina Moon é minha amiga e fizemos um soneto juntos.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns...Um verdadeiro shou esta postagem..

    Relamente esta confraternização deixou todos muitos inspirado para revelar os amigos secretos.
    Amei a sua postagem..

    Que fofa a postagem. Muito deliciosa e cheia de ternura.
    Este Amigo Secreto,foi simplesmente maravilhosos.
    Um Feliz e Santo Natal a você. Agora vou encontrar a minha. pois durante o dia não tive tempo...
    Foi um dia muito corrido.Tive formatura do meu filho no Taekwondo.
    Amigos São sempre amigos. Não importa se são secreto. eles são formidáveis. Seu amigo Secreto é uma pessoa maravilhosa.

    Bjs.
    Até mais.
    Sandra

    ResponderExcluir
  19. Bom, não irei comentar sobre o post porque não o li. E não acho certo comentar só pra fazer um tipo.

    Eu vim aqui mesmo pra dizer que deixei um selo pra você no meu blog. Gosto muito do seu jeito de ver as coisas e de você como pessoa. Passa lá pra dar uma olhadinha, é de coração ^^
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Eu sei que ela voltará na primavera, sei também que encontrará caminhos através do inverno. Que seja bem-vinda!

    Ao sentir a suave brisa do mar, o vento levou todos os meus segredos. Quando as gaivotas apareceram, o poema voltou e ainda não teve fim.

    Estou muito feliz com a minha amiga secreta. Se pudesse começaríamos tudo de novo! Sensacional!

    Beijos!...

    ResponderExcluir
  21. Olá minha amadinha, eu fiz um carinho pra vc e para o Machado de Carlos lá no Harmonia, acho que vcs dois juntos merecaim uma homenagem, e tbem não fizeram uma postagem pra ele no dia do amigos secreto, então eu fiz e espero que vcs dois gostem!!Pois fiz com o coração, sou sua fã incondicional!!
    comc arinho
    Hana

    ResponderExcluir
  22. Êta Hana! Só você mesma! Você gera emoção. Precisamos mudar para o Japão! (Risos!...).

    ResponderExcluir
  23. É bom voltar aqui.


    :)



    Tava ausente de alguns blogueiros queridos.



    E é bom também vê que o seu blog ta com sucesso. Continue.


    E logo vai ter vários fãs e assim ter mais força de vontade de publicar o seu livro.



    Parabéns.


    :)

    ResponderExcluir
  24. Passando para reler o belo e carinhoso presente que você me deu. Um beijo afetuoso do seu amigo, agora, não mais secreto: um anarco-boêmio, professor e sensual".

    ResponderExcluir
  25. Você é show. Sua postagem ficou muitoi linda. Rica. E você tem um dom supremo com as palavras. Sempre q possível virei ter o prazer de te ler. Agradeço sua atenção no meu blog. Desejo uma ótima semana pra ti. Bjs.

    ResponderExcluir
  26. Querida Aymée!

    Não sei onde foi parar o comentário gigante que deixei aqui...rs

    Mas dizer que esta postagem sua está linda, seria redundância...
    Foi umas das postagens que mais me emocionou, pois vi todo o seu carinho e dedicação nela grafada... um exemplo mesmo para todos nós!

    Muito obrigada por tudo, minha querida! Vc também é destaque na minha última postagem...

    beijos...

    ResponderExcluir
  27. Querida Aymée;


    Apesar do meu possível amigo Secreto (...), tenha me ignorado em todas as circunstâncias possíveis, eu tiro o meu chapéu para a Amiga Ester que atendeu aos seus objetivos, tudo dentro de uma alegria absoluta.
    Desconheço os motivos pelos quais o tal de (...), usou para me ignorar, pode ser que ele se ache muito importante somente com as mulheres, pois ele esteve em outros blogs femininos...
    De qualquer forma contento-me ao estar ao lado da minha companheira Aymée, a qual a considero como uma amiga secreta que não tive.
    Gostaria que este assunto ficasse por aqui, pois não tenha nada contra o (...). Ele deve ter tido as suas razões, ora desconhecidas...

    Beijos!...

    ResponderExcluir
  28. Oi minha linda flor, olha estou sem tempo numa corrida que só vendo, então fim de semana em meio a correção de provas de alunos venho te ler com calma amor meu, olha venha participar da festa que fiz para a amiga Ester, ela vai adorar ter vc lá, e eu tbém, escrevo subindo de um trem ao outro correndopara o trabalho, kkkkkk minha vida é assim pois estou fazendomeu doutorado amiga to num sufoco, e trabalhando igual doida, affff que vida feliz, rsssbeijos
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  29. Querida AYmée!
    Gostei muito do teu comentário, posso dividi-lo em duas partes,aquela parte mais brincalhona, que eu adoro, e aquela parte mais terna que eu amo.
    Ultimamente tenho andado sem tempo, e só me apercebi dessa blogagem do amigo secreto no Domingo, gostava de ter participado, mas agora já é tarde para participar, mas não é tarde para ter amigos, e ser amigo, e eu já sou teu, gosto da tua maneira de ser, e de escrever.

    Beijinho minha amiga agora não secreta,
    José.

    ResponderExcluir
  30. É uma delicia viajar pelas tuas palavras!...


    Beijo!
    AL

    ResponderExcluir
  31. Aymée...
    Grato por ter gostado do meu humirdi porém pratensioso bróguinho....
    Passo pra te agradecer e dizer que esse amigo oculto me serviu de pessoas maravilhosas assim como você que farei questão de "perseguir" mesmo vc já adiantando que é dramalhona.. rss " e quem não é ? "... hêin... rss

    Bejão dramático e
    Déussssssssssssssssskiajudeee
    Tatto

    ResponderExcluir
  32. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Xipan Zéca até os seus recados me fazem gargalhar, kkkkkkkkkkkkkkkkk voce é dez!
    Bjus

    Gente eu aproveito aqui para agradecer a todos voce que admiraram o meu presente... e dizer Muito obrigada por tudo, pelo carinho e atençao!

    ResponderExcluir
  33. Minha querida Aymée, passando pra te deixar um beijo e dizer que seu blog está cada vez mais lindo, mais rico em imagens e mais longo, né... rsrs Pobre de mim que não tenho mais tempo pra nada!!!

    Tenho passado aqui e lido aos poucos... muitas vezes depois da meia-noite que é a hora que eu paro de trabalhar, quase durmo em cima do PC rsrs.

    Pela falta de tempo e pra matar dois coelhos, colo aqui o comentário que deixei lá na Ester ainda pouco.

    Um bjo enorme pra ti, amiga e fica com Deus!

    "Oi Ester, recebi o convite da Aymée para participar do amigo secreto. Depois de muito pensar decidi não confirmar minha participação, pois essa época do ano é terrível pra mim e quase não me sobra tempo pra nada!
    Quando todos estão pensando em férias, é a época que eu mais trabalho, e tenho que defender o leitinho das crianças rsrs.
    Não quis correr o risco de na hora H não postar nada, ou postar algo de baixa qualidade, ambas as hipóteses desagradaria meu amigo.

    Tenho postado no meu blog coisas que já tenho mais ou menos pronta só para manter.
    Levarei assim nos próximos dois meses, postando, visitando e comentando conforme dá...

    Parabéns pelo magnífico post e que todos tenham um 2011 espetacular!"

    ResponderExcluir
  34. Olá, Aymée.

    Voltei para agradecer as suas palavras lá na postagem da Ester, na "Ressaca...". Alem de me divertir com seu jeito extrovertido de falar, adorei as palavras que você direcionou a mim.

    Você tem poesia na alma, e é muito bom ter pessoas assim próximas a nós.

    Abraços.

    Marcio

    ResponderExcluir
  35. Oi queridona!!!

    Como vc está?!!! Tudo rindo por aí?! rs


    Estou passando para dizer que fiz um vídeo com os participantes do amigo secreto e vc ficou super bem! Passe lá depois para ver...

    Um beijo

    ResponderExcluir
  36. Aymée-Amada, até na literatura indicada você acertou, pois ainda não tinha lido integralmente o Sándor Márai, exceto, algumas resenhas na revista EntreLivros. Devo dar uma parada na leitura (100 livros lidos em 18 meses) e no blog (postar muito raramente e visitar os amigos ocasionalmente para matar saudades) para me dedicar exclusivamente à escrita de "Parabólicas e Mandacarus". E você?Continua alimentando a alma em bibliotecas? Numa biblioteca, com imaginação e arte, pode-se fazer muita coisa interessante!(vide foto em sau postagem)! Um beijo extremamente carinhoso.

    ResponderExcluir
  37. Oi meu anjo, não achei o selo que me ofereceu!!!

    Não tem problema, seu carinho já é um selo no meu coração!

    Beijinhos ^^

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar... A sua opinião, para mim, é muito gratificante.