Os InVerSos dEnTROoo De MiM!

Seja Bem Vindo em Meu Blog!
Desejo Muito que Possa Apreciá-lo. São Textos e Poemas Escritos Por Mim.
Eu Gosto Muito de Escrever... Na Verdade, Eu Amo Escrever.



sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

E... A Minha Vida Mudou...


Porque saí de casa hoje?

São 6h30min e estou acordando... Ligo a música, ligo a TV, mas nem sei porque! 
Acho que faço isto, para escutar barulho. Depois eu vou para o banheiro correndo para fazer pipi... Nossa que alívio, parece que havia tomado água sem parar por toda a noite e... Agora, vou tomar um belo banho! 
Ai, como é bom tomar banho, ficar debaixo d'água pensando na vida que não tem, na vida que quer ter e depois de pensar bastante, vem aquele desespero, ao pensar na vida que está me esperando lá fora, onde tudo pode acontecer hoje ou talvez, nada aconteça por mais um dia. 
Só de pensar me desespero, por ser o oposto da vida que sonho ao entrar na água! 
Quando isto acontece, eu lembro do café que estou para tomar e desse jeito procuro me acalmar...


Molhada e nua vou me vestir e... Ao iniciar, me lembro que quero aquele café forte para começar meu dia. Assim, vou só de calcinha preparar o meu café, esquecendo que a janela estava aberta... O vizinho me vê sem que eu perceba. Quando olho, ele já estava com seu binóculo me observando e assustada saio correndo apavorada, xingando de todos os nomes possíveis, a mãe dele... Coitada, eu nem posso imaginar quem ela seja e mesmo assim a insultei. Também, quem mandou ela criar um filho desta maneira sem-vergonha. Um absurdo, as pessoas não conseguem mais respeitar o próximo. A gente nem pode mais andar de calcinha pela casa... Eu gosto tanto de fazer isto, gosto também de colocar sempre uma meia no meu pé. Andar pela casa de calcinha, de meias e mamazinho de fora é muito bom! Não acho isto anormal! Para mim é puro prazer, por ser um momento diferente, ninguém por perto para atrapalhar esta minha liberdade. 
Dentro de minha casa, é onde eu me sinto mais livre, apesar de existir intrusos... Invasores através de janelas. Qualquer dia desses, eu vou acabar fazendo loucuras e vou mesmo rebolar para ele... Maníaco!
Estou pronta para sair! Ah, eu esqueci de dizer que hoje é um dia diferente por ser feriado, então, não vou trabalhar. Sei que este meu vizinho, deve estar se perguntando, porque eu acordei tão cedo? Ele tem cara de intrometido e curioso...
Aproveitei este dia e programei um encontro com uma amiga, seu namorado e mais dois amigos dele... Pois então, são dois e eu vou poder escolher entre eles um que me agrade mais, para que eu comece a namorar. 
Devo confessar que isto foi tudo programado. O namorado de minha amiga está querendo me ajudar, porque senão, vou virar titia para sempre. Sabe, este negócio de gostar de ficar dentro de casa, pensar que a liberdade é dentro dela, não me dá a chance para encontrar um homem ideal, ao qual um dia poderia dividir tudo com ele, toda esta minha vida. 
Ultimamente, tenho sentido necessidade disto e assim minha amiga desejou me ajudar, pedindo ajuda ao seu namorado.

" Cristel, isto que você está me pedindo é absurdo! 
Um namoro não acontece assim e você sabe disto muito bem! Depois, esta sua amiga, é um pé no saco! Toda certinha... Ninguém suporta isto. Nos tempos atuais, encontrar mulher está tão fácil para os homens, que cruzar pelo caminho com mulher difícil, só faz com que se afastem. Tudo bem, se proibir de tocar nos peitinhos dela no início, mas... Cristel, a sua amiga... Eu acho que ela só vai deixar com que toquem neles, se o rapaz se casar com ela, entende?"

"Não quero nem discutir com você! Me arruma dois homens bonitos e solteiros e o resto eu resolvo. 
Vamos programar um passeio bem diferente no feriado e vamos criar um belo clima para que tudo aconteça. Ah, você está enganado sobre a minha amiga... Ela não é nenhuma santa, não! Ela é somente uma pessoa solitária, mas tem motivos para ser. "


Marcamos o encontro no centro da cidade, e enquanto eles não chegavam, eu fiquei ali, com o meu vestido bem curtinho, olhando vitrina e escolhendo coisas lindas para mim, sabendo que depois eu voltaria para olhar melhor. 
Resolvi vestir um vestido curto, para mostrar bem as minhas pernas, talvez assim, quando eu estiver no carro no meio deles, eles irão olhar sem parar. Eu sei que irão... Eles não resistem às tentações que a gente costuma provocar. 
A minha amiga me garantiu que eles serão belos homens. Espero que eles não exagerem, porque na verdade, eu adoro quando os homens não são assim tão belos. Eu gosto muito do estilo normal... Aquela beleza não curada em salões e sim, bem natural.


E o tempo passou... 
De Primavera à Primavera!

Depois de tudo, depois de aproveitarmos todo aquele feriado, que para mim foi muito divertido e interessante, eu queria dizer, que eu não deveria ter saído de dentro de minha casa naquele dia... Eu acho que não, talvez não!
Agora, por minha culpa, eu vou ter de conviver todos os dias com um namorado e... A minha liberdade, aquela que eu tinha em minha casa, vai desaparecer! Vai sim, porque... Ele se apaixonou por mim mais que tudo e eu também, mas... Eu gostava da minha solidão, gostava de acordar e ter as minhas manias e com ele por perto, estou fazendo tudo diferente de como era, quando estava sozinha.
Não sei ainda se isto é bom ou melhor do que antes, mas sei que a cada dia, venho me modificando e reparei, que até o meu sorriso é diferente agora.
Que estranho, quando estou com ele! Parece que estou nas nuvens e o mais engraçado é que, por nenhum momento do meu dia, eu fico pensando nas coisas que eu gostaria de ter e que eu não tenho... Eu nem penso mais em café! Que loucura! 
Quando começo a pensar, eu só penso nele! Qualquer lugar perto dele, para mim é tão lindo! Qualquer simples lugar, para mim, parece um castelo, porque ele está me ensinando a amar, mas... Eu estou com tanto medo de ser uma outra pessoa! Tenho medo de sentir saudades do que fui um dia, antes de amar alguém!


 Autora: Aymée Campos Lucas


5 comentários:

  1. Alô, Aymée!
    A primeira pergunta é: tem algum apartamento para alugar no prédio ao lado? Queria ser teu vizinho!
    Hehehehe!
    Mas, afinal, quantas dúvidas!
    Se a garota se sente bem ao lado do novo amor, por que teria vontade de voltar a ser só?
    Quando uma pessoa muda realmente, ela só passa a ser "outra pessoa" para os que observam. Ela continua sendo ela mesma, só que agora está diferente!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Legal este seu ponto de vista, Leonel. Ele é realmente muito verdadeiro... As nossas manias não vão embora assim tão fácil, não saem da vida da gente e... Quem entrou em nossas vidas as conhecem como ninguém, mesmo que a gente pense que elas não existam mais.

    Eu achei este conto tão lindo! Eu realmente gostei muito desta garota, hehehe Nem dei nome para ela, mas descrevi tanta coisa que ela faz, rsrs geralmente eu dou um nome para meus personagem e não sei porque, que eu nem me lembrei disto. rsrs

    Quanto ao vizinho maníaco, na verdade, todos querem ser um pouco, rsrs Até eu se tivesse um binóculo e um belo vizinho, não perderia tempo, hehehe

    ResponderExcluir
  3. O binóculo eu tenho. E tua amiga-personagem tem pernas lindas. E você tem olhos maravlhosos. E o Natal está chegando, e eu ouço sininhos.
    FELIZ NATAL, inventadora de amores!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo post! Tirando a parte de se apaixonar (coisa que não acontece comigo há anos), estava me sentindo em casa enquanto lia rs. Se der, me visite ok!
    http://pacienciaemcapsula.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Favor apresentar-se ASAP a bordo da Es-Sotamer fins salvar o planeta.
    FELIZ NATAL!
    Ass: Comodoro El-Lobsarc, R. R.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar... A sua opinião, para mim, é muito gratificante.