Os InVerSos dEnTROoo De MiM!

Seja Bem Vindo em Meu Blog!
Desejo Muito que Possa Apreciá-lo. São Textos e Poemas Escritos Por Mim.
Eu Gosto Muito de Escrever... Na Verdade, Eu Amo Escrever.



terça-feira, 31 de agosto de 2010

BIAGIO ANTONACCI-VIVIMI


VIVIMI

Non ho bisogno più di niente 
Eu não preciso de mais nada
 

Adesso che
Agora que
 

Mi illumini d´amore immenso fuori e dentro 
Me ilumina de um amor imenso fora e dentro
 

Credimi se puoi 
Acredita-me se puder
 

Credimi se vuoi
Acredita-me se quiser
 

Credimi e vedrai non finirà mai 
Acredita-me e verá que nunca terá fim
 

Ho desideri scritti in alto che volano
Tenho desejos escritos em alto que voam
 

Ogni pensiero è indipendente dal mio corpo 
Cada pensamento é independente do meu corpo
 

Credimi se puoi 
Acredita-me se puder

Credimi perché 
Acredita-me porque

Farei del male solo e ancora a me 
Farei mal somente e de novo a mim
 

Qui grandi spazi e poi noi
Aqui grande espaço e depois nos
 

Cieli aperti che ormai 
Céus apertos que agora
 

Non si chiudono più 
Não se fecham mais
 

C´è bisogno di vivere da qui 
Precisamos viver neste momento
 

Vivimi senza paura
Vive-me sem medo
 

Che sia una vita o che sia un´ora 
Que seja um vida ou que seja uma hora
 

Non lasciare libero o disperso
Não deixar livre ou perdido
 

Questo mio spazio adesso aperto ti prego
Este meu espaço agora aberto, por favor
 

Vivimi senza vergogna 
Vive-me sem sentir vergonha
 

Anche se hai tutto il mondo contro 
Mesmo que todo o mundo esteja contra
 

Lascia l´apparenza e prendi il senso
Deixa a aparência e siga seu caminho
 

E Ascolta quello che ho qui dentro 
E escuta aquilo que tenho aqui dentro
 

Così diventi un grande quadro 
Assim você se transforma em um grande quadro
 

Che dentro me 
Que dentro de mim
 

Ricopre una parete bianca un po´ anche stanca 
Recobre uma parede branca e também um pouco cansada
 

Credimi se puoi 
Acredita-me se puder

Credimi perché
Acredita-me porque
 

Farei del male solo e ancora a me 
Farei mal somente e de novo a mim
 

Qui tra le cose che ho
Aqui entre as coisas que tenho
 

Ho qualcosa di più 
Tem algo a mais
 

Che non ho avuto mai
Que eu nunca tive
 

Hai bisogno di vivermi di più 
Voce precisa viver-me muito mais
 

Vivimi senza paura 
Vive-me sem medo
 

Che sia una vita o che sia un´ora 
Que seja uma vida ou que seja uma hora
 

Non lasciare libero o disperso 
 Não deixar livre ou perdido
 

Questo mio spazio adesso aperto, ti prego
Este meu espaço agora aberto, por favor
 

Vivimi senza vergogna
Vive-me sem sentir vergonha
 

Anche se hai tutto il mondo contro 
Mesmo que todo o mundo esteja contra
 

Lascia l´apparenza e prendi il senso 
Deixa a aparência e siga um caminho
 

E ascolta quello che ho qui dentro
E escuta aquilo que tenho aqui dentro
 

Hai aperto in me
  Você abriu em mim
 

La fantasia
A fantasia
 

Le attese i giorni di un´illimitata gioia 
As esperas de dias de joias sem limites
 

Hai preso me 
Você me conquistou
 

Sei la regia
  Você é que comanda
 

Mi inquadri e poi mi sposti in base alla tua idea 
Me focalize de depois modifica em base à sua ideia
 

Vivimi senza paura 
Vive-me sem medo

Che sia una vita o che sia un´ora
Que seja um vida ou que seja uma hora
 

Non lasciare libero o disperso
Não deixar livre ou perdido
 

Questo mio spazio adesso aperto ti prego
Este meu espaço agora aberto, por favor
 

Vivimi senza vergogna 
Vive-me sem sentir vergonha 

Anche se hai tutto il mondo contro 
Mesmo que todo o mundo esteja contra
 

Lascia l´apparenza e prendi il senso 
Deixa a aparência e siga um caminho
 

E ascolta quello che ho qui dentro...
E escuta aquilo que tenho aqui dentro...

Tradutora: Aymée Campos Lucas

domingo, 29 de agosto de 2010

Noi due innamorati! Nos dois apaixonados!


UNA NOTTE QUALSIASI! 

- Amo, tu mi piace da morire, io ti amo!
- Da vero?
- Sì... tu sei tutto per me!
- Dimmi amore, "tutto" cosa?

- Va bene, ti dirò. Tu sei il mio respiro più profondo...
- E poi?
- Una delle mie ragioni per vivere...
- Ah... questo mi piace! E poi?
- Amo! Non posso dirti tutte le cose che penso!
- Perché non? Dimmi... E poi?
- Non posso dire perché sono tante ragioni!
Però, ti dirò un po di più...
Sai quell'albero che c'è qui vicino a casa nostra?
- Quale, quella grande vicino al parco?
- Sì, proprio quella! Io quando la vedo, penso a te!
- Perché?
- Perché quell'albero è forte e, tu sei forte per me come lei! Tu veramente è la mia forza!

- Amore, io ti amo e ti dico che sei tu la mia forza... non vivo senza di te!
Così lo guardato e ho detto:
- E poi?
- Ah, ora sei tu che me lo chiedi?
- Sì, io voglio sapere... E poi?
-Amore, andiamo a letto che te lo dico!
- Perché gli uomini fanno così?
- Cosa?
- Adesso che sono io a chiederti, tu scappa...
- Amore mio, noi uomini non parliamo tanto!
Noi guardiamo una donna nei occhi e, così la facciamo vedere il quanto siete l'importante per noi!
- Ma, io voglio sentire!
- Amore, stai attenta quando ti guardo, perché cosi tu capirai o quanto io voglio essere tutto per te!
- Allora, perché non mi guarda e legge quello che sento io?
- Perché é bello sentirti dire... A me piace tanto quando tu me dice che sono il tuo ossigeno!
- Ma tu sei furbo!
- Ah, adesso sono furbo?
- Amo, ti ricorda che cosa te ho detto?
- Cosa?
- Ho detto che tu sei tutto per me, e questo è incluso anche la furbizia. Ho detto tutto, amo... tutto!

- A me piace stare com te veramente!
Tu mi fai divertire, tu mi fai dimenticare che la vita li fuori è dura!
Io ti amo più che mai!
- Anche io ti amo, e adesso andiamo a letto. Ho sonno, mi fai delle coccole?
- Va bene, ma prima fai tu un massaggio a me!
- Amo, tu riesce a girare sempre delle cose!
- Ma non è vero!
- Come non? Sono stata io a chiederti delle coccole!
- Ma mi fa male qui... E a me piace le tue mani!
- Perché?
- Perché cosa?
- Perché ti piace le mie mani?
- Perché sono morbidi!
- Va bene, tu hai vinto! Amo, domani mi regala quello vestito?
- Così non se può! Solo perché mi sta facendo massaggio?
- Non! Amo, quello vestito é carino... Sai, volevo stare sempre bella per te!
- Va bene, ora sei tu che hai vinto!
Domani ti compro quello vestito e adesso fai questo massaggio!
- Lo faccio mille volte se vuoi... Io ti amo!
- Anche io ti amo amore mio!
- Ascoltiamo una musica...

E così la notte se è fatta longa e é finita com tutte due dormendo attaccati uno nel'altro con tanta serenità!
Autora: Aymée Campos Lucas 

UMA NOITE QUALQUER! 

Tradução

- Amo, eu gosto de você demais!
Eu te amo!
- Verdade?
- Sim... Você é tudo para mim!
- Me diz amor, tudo o que?
- Tudo bem, vou te dizer...
- Você é o meu respiro mais profundo...
- O que mais?
- Uma das minhas razoes para viver!
- Hum disto eu gosto! O que mais?
- Amo! Eu não posso dizer tudo pra você!
-- Porque não? Diz... O que mais?
- Não posso dizer porque são tantas as razoes!
Porém vou dizer um pouco mais!
Sabe aquela árvore que tem aqui perto da nossa casa?
- Qual? Aquela grande perto do parque?
- Sim, aquela mesma! Eu quando a vejo eu penso em você!
- Porque?
- Porque aquela árvore é forte.
E você é forte para mim como ela!
Você é a minha força!

- Amor eu te amo! E é você a minha força.
Eu não vivo sem você!
Assim eu o olhei e disse:
- O que mais?
- Ah agora é você que me pergunta?
- Sim eu quero saber... O que mais?
- Amor vamos para cama que te digo!
- Porque os homens fazem assim?
- O que?
- Agora que sou eu a te perguntar,
Você foge...
- Meu amor, nos homens não falamos tanto!
Nos olhamos uma mulher nos olhos...
E assim nos fazemos elas verem o quanto são importantes para nos!
- Mas eu quero escutar!
- Amor esteja atenta quando eu te olho,
Porque assim você vai entender o quanto eu quero ser tudo para você!
- Então porque você não me olha e lê aquilo que eu sinto! 
- Porque é belo te ouvir. 
Eu gosto tanto quando você me diz que sou seu oxigênio!
- Mas você é esperto!
- Ah agora eu sou esperto!
- Amo você se recorda que coisa te disse?
- O que?
- Eu disse que você é tudo para mim
E isto inclui também a esperteza
Eu disse tudo amo, tudo!

- Eu gosto realmente de estar com você!
Você me faz divertir, você me faz esquecer que a vida ali fora é dura!
Eu te amo mais do que nunca!
- Eu também te amo e agora vamos para cama!
Estou com sono, mi faz um carinho!
- Tudo bem,  mas primeiro faz você uma massagem em mim!
- Amo você consegue sempre modificar as coisas!
- Mas não é verdade!
- Como não? Fui eu quem pedi para fazer carinho!
- Mas me faz mal aqui... E eu gosto das suas mãos!
- Porque?
- O que?
- Porque você gosta das minhas mãos! 
- Porque são macias!
- Tudo bem você venceu!
Amo amanha me presenteia aquele vestido?
- Assim não vale! Só porque esta me fazendo massagem?
- Não! Amo, aquele vestido é lindo! 
Eu queria poder estar sempre bela para você!
- Tudo bem agora foi você quem venceu! 
Amanha eu compro aquele vestido e agora faz esta massagem!
- Eu faço milhões de vezes se você quiser... 
Eu te amo!
- Eu também te amo meu amor!
Vamos escutar uma musica...

E assim a noite se fez longa, terminando com os dois dormindo abraçados um ao outro com muita serenidade!

Autora: Aymée Campos Lucas


sábado, 28 de agosto de 2010

Um Dia Diferente!

UM DIA DIFERENTE!
Queria um dia diferente...
Um dia totalmente quente
Um dia para não esquecer,
Não sair da minha mente
Um dia inexplicável e adorável!
Como seria para mim um dia assim?
Uma viagem ou uma descoberta?
Ser rica seria agradável?
Poder de visão amplificada?
Uma noite de autógrafos? 
Isto sim, seria um dia diferente...
Onde eu seria descoberta por muita gente!
Se pensar bem, uma viagem seria tudo
Conhecer cidades por todo o mundo!
Quanta dúvida estou vivendo
Para descobrir o que eu estou querendo!

Pensando melhor, eu quero descobrir
Mas descobrir o que?
Qual descoberta?
Descobrir que sou escritora.
Isto sim é um dia diferente...
Minha nossa, que ideia fabulosa
Estou vendo nestes parágrafos
Eu me tornando escritora famosa
Vou doar muitos autógrafos,
Viajar pelo mundo grandiosa
Conhecendo cidades  maravilhosas
Conquistando uma riqueza
Que tantos poderiam desejar
A riqueza de enxergar,
Ter visão amplificada de tudo
Criando personagens interessantes
De todos os modos
Dando vida a cada um deles
Por ter tido um dia interessante
Que foi este meu dia diferente e brilhante!


Autora: Aymée Campos Lucas


sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Biagio Antonacci - Se Fosse Per Sempre! Tradução


Se Fosse Per Sempre!
Se Fosse Para Sempre!

Se l'amor si paga dopo 
Se o amor se paga depois 

Noi senza inferno, non resteremo
Nos sem inferno, não vamos ficar

Se l'amor mi costa questo
Se é isto que o amor me custa 

Non voglio sconto, voglio pagare
Não quero desconto, quero pagar

Io
Eu 

Innocente mai mai
Inocente, nunca, nunca 

Invadente mai mai
Invasor, nunca, nunca

Prigioniero mai mai
Prisioneiro, nunca, nunca

Fuori tempo mai mai
Fora do tempo, nunca, nunca

Non regalo mai mai
Não dou presente, nunca, nunca

Non ritardo mai mai
Não me atraso, nunca, nunca 

Non dipendo mai mai
Não dependo, nunca, nunca

Non ho pace mai mai
Não tenho paz, nunca, nunca

E se fosse per sempre... mi stupirei!
E se for para sempre... me surpreenderei!

E se fosse per sempre... ne gioirei
E se fosse para sempre... ficaria feliz 

Perché quando mi rubi... e mi stacchi dal mondo
Porque quando você me rouba... e me separa do mundo

Sale forte l'umore... e l'amore va in sole
O meu humor fica altíssimo... e o amor vai ao sol

Tra la polvere del mondo
Entre as poeiras do mundo

Mi son trovato
Me encontrei

E ho camminato
E eu caminhei

Nelle mani avevo fiori, E tante scuse
Nas minhas mãos eu tinha flores, e tantas desculpas

Per non morire
Para não morrer

Tu 
Voce

Disillusa mai mai 
Desiluda, nunca, nunca

Esordiente mai mai 
Principiante nunca, nunca

Regolare mai mai
Disciplinada nunca, nunca

Indecente mai mai
Indecente, nunca, nunca

Non mi perdi mai mai
Não me perde nunca, nunca 

Ma non perdi mai mai
Mas não perde nunca, nunca 

Non confessi mai mai
Não confessa nunca nunca

Non subisci mai mai
Não aceita humilhação nunca, nunca 

E se fosse per sempre... mi stupirei! 
E se fosse para sempre... me surpreenderei 

Se fosse per sempre... ne gioirei
 Se fosse para sempre... serei feliz 

Perché quando mi rubi... e mi stacchi dal mondo 
Porque quando você me rouba... e me separa do mundo 

Sale forte l'umore... e l'amore va in sole
O meu humor fica altíssimo... e o amor vai ao sol

Mia divinità... a corrente continua
 Minha divina... a vida continua 

Mia che come te... non ne fanno mai più
Minha que como você... não se faz nunca mais 

Profumiamo insieme di un'essenza che resta
Vamos nos perfumar de um essência que ainda existe 

Cosa vuoi che sia... la diversità
O que você quer que seja...a nossa diferença

E se fosse per sempre mi stupirei
E se fosse para sempre eu me surpreenderei

E se fosse per sempre
E se fosse para sempre

Tradutora: Aymée campos Lucas


quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Biagio Antonacci - IRIS - Tradução

As musicas de Biagio Antonacci são lindas, intensas... Demonstra o amor da maneira mais verdadeira que todos nos vivemos na vida como ela é!
Muitas delas são de saudade, outras de relações terminadas, traição ou de um amor profundo e sofrido, outras de desistir de amar e outras de construir uma vida juntos sem medo, e tanto mais do que a vida nos oferece em seu curso!


O amor que Biagio Antonacci demonstra em suas letras magnificas, são todas de sua própria autoria e alem de cantar, muitas de suas musicas são cantadas por outros cantores como Laura Pausini.
Eu prefiro ouvir Biagio cantar suas musicas em vez de ouvir Laura Pausini. Tem como exemplo: VIVIMI.
O bom de ouvi-lo cantar é que ele não grita como Laura. Ele é simplesmente sereno!
Eu decidi que a partir de hoje vou fazer traduções de suas musicas e colocar no blog de vez em quando. 
Espero que gostem!


IRIS 
Iris tra le tue poesie
Iris entre suas poesias

Ho trovato qualcosa
Eu encontrei alguma coisa

Che parla di me
Que fala de mim

Le hai scritte tutte col blu
Você escreveu todas com azul 

Su pezzi di carta Trovati qua e la'
Em pedaços de papel, Encontrados aqui e ali

Dimmi dove... Dimmi come
Me diz onde... Me diz como...

E con che cosa ascoltavi la mia vita
E com que coisa você escutava a minha vida 

Quando non stavo con te
Quando não estava com você

E che sapori e che umori... Che dolori e che profumi respiravi,
E que sabores e que humores... Quais as dores e quais os perfumes que respirava,

Quando non stavi con me
Quando não estava comigo 

Iris mi viene da dirti... Ti amo e lo sai
Iris eu sinto vontade de te dizer... Te amo e você sabe

Non l'ho detto mai
Eu nunca te disse!

Quanta vita c'e'... Quanta vita insieme a te
Quanta vida tem... Quanta vida junto a você   

Tu che ami e... Tu che non li rinfacci mai
Você que ama e... você que nunca me humilha

E non smetti mai... Di mostrarti come sei
E nunca deixa... De me mostrar como você é

Quanta vita c'e'... In questa vita insieme a te
Quanta vida tem... Nesta vida junto a você

Il mio nome... Dillo piano
O meu nome... Diz lentamente

lo vorrei sentire... Sussurrare adesso
Eu queria sentir... Sussurrar agora

Che ti sono vicino
Que estou perto de você

La tua voce mi arriva
A sua voz chega até a mim

Suona come un'onda... Che me porta il mare
Soa como uma onda... Que me traz o mar

Ma che cosa di piu'!
Ou muito mais! 

Iris ti ho detto ti amo
Iris eu te disse ti amo

E se questo ti piace... Rimani con me
E se voce gosta disto... Fica comigo

Quanta vita c'e'... Quanta vita insieme a te
Quanta vida tem... Quanta vida junto a você

Tu che ami e... Tu che non li rinfacci mai
Você que ama e... você que nunca me humilha

E non smetti mai... Di mostrarti come sei
E nunca deixa... De me mostrar como você é

Quanta vita c'e'... In questa vita insieme a te
Quanta vida tem... Nesta vida junto a você

Dimmi dove... Dimmi come
Me diz onde... Me diz como...

E con che cosa ascoltavi la mia vita
E com que coisa você escutava a minha vida

Quando non stavo con te
Quando eu não estava com você 

E che sapori e che umori... Che dolori e che profumi respiravi,
E que sabores e que humores... Quais as dores e quais os perfumes que respirava,

Quando non stavi con me
Quando não estava comigo

Iris ti amo davvero
Iris eu te amo de verdade

E se questo ti piace... Rimani con me! 
E se você gosta disto... Fica comigo!

Tradutora: Aymée Campos Lucas


quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Esta Faltando Alguém!


 ESTA FALTANDO ALGUÉM!

Esta faltando Alguém...
Ele não esta aqui entre meus braços,
Para aliviar meu cansaço.
O meu amanhecer esta frio e sem sentido
Vem amor sorrir para mim, dar um abraço...
Daquele seu jeito doido e muito forte,
Me fazendo sentir uma mulher de sorte!

Esta faltando alguém...
Não imaginava que seria assim,
Quando você vai para longe mim!
Vidas diferentes, Países nada igual,
Mas se olhar bem é mesmo tudo normal.
Fico imaginando quando você voltar,
Como será o seu olhar?
Olhar de saudade e com tanta novidade...
Olhar de ternura me fazendo tanta jura!

Esta faltando alguém...
Ele não esta aqui para me dar seu amor,
E eu estou carente e pedindo por favor
Volte logo, pega este avião...
Sobe aos céus e peça a Deus,
Para você voltar aos braços meus!

Esta faltando alguém...
Não adianta sentir sua voz rouca,
Ela não me da todo aconchego
Só um pouco de chamego!
E eu fico quase louca
Querendo mais, muito mais...
Sou dengosa você sabe, 
Sou manhosa e você gosta!
Então não me deixe mais sozinha,
Nem para ver a sua mãezinha
Deveria me levar com você 
Assim eu não iria sofrer!

Esta faltando alguém...
Que foi para tão longe de mim
Duas semanas que parece não ter fim!
Antes de estar com você eu pensava,
Namorar um estrangeiro não dava...
Fazem coisas diferentes,
Em terras que não é da gente!
Eu agora fico aqui a esperar
Você resolver voltar.

Esta faltando alguém...
Que é tudo mais alem,
Que um simples amigo,
E' o meu amor, é o meu perigo bom,
E' o meu abrigo que estava sempre comigo
A alegrar meus dias,
Que depois de pensar tanto
Se transformou em encanto, em desejos, 
Em ter sentido de sempre viver comigo!
Amo você... Minha razão e meu viver!

Autora: Aymée Campos Lucas

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Que Barulho é Este?

UMA NOITE ESTRANHA

Bela noite de sábado que vivi!
Estou me preparando para dormir, e como todos os sábados o melhor a fazer depois de ver um belo filme é dormir!
Dormir muito, esquecer de acordar cedo amanha, tomar café na hora do almoço, almoçar na hora do jantar e nos intervalos assistir mais uns três filmes: um romântico para dar energia ao meu coração um de ação para agradar meu marido e uma comédia para nos dois ficarmos alegres o dia inteiro!

E é assim que tenho vivido os domingo, quando não planejamos algo mais divertido para fazer.
Muitos se divertem viajando, indo à praia ou um parque aquático, outros vão em montanha neste período, aos centros comerciais que aqui tem aos montes, mas ultimamente estamos mais tranquilos, mais de repouso.
E este ritual para mim é confortante sabendo que a semana estar por iniciar e assim me preparo mentalmente para afrontá-la, por ser sempre agitada e desgastante.

O clima esta maravilhoso, posso estar confortavelmente debaixo de meu edredom de primavera, eles aquecem menos.
Aqui cada estação usamos um edredom diferente, e no verão evitamos de usá-los. O calor aqui é demais, insuportável, às vezes nem mesmo um lençol suportamos!
Meu marido já estava dormindo, trabalhou pela manha e chegou muito cansado, em vinte minutos do filme adormeceu, mas mesmo assim quando vou me deitar ele percebe e me abraça por alguns instantes. Eu depois de um certo tempo escapo devagar por me sentir sufocada, e quando vai amanhecendo eu torno aos seus braços assim ele não percebe.

Esta madrugada eu não pude fazer isto, tudo andou diferente!
Estava ali pronta para adormecer quando de repente ouvi um gemido, depois outro, e outro.
Levantei, fui até à janela e olhei... Não consegui ver nada la fora, talvez alguém passou e foi embora!
Eram fortes gemidos como se fosse uma criança chorando. Eu comecei a sentir muito medo, mas mesmo assim tornava a me levantar para olhar na janela e nada!
Mas aquele som não parava parecia casa mal assombrada!

A esse ponto não sabendo o que fazer resolvi chamar meu marido, para encontrar uma solução. Eu não queria acordá-lo, mas não encontrava outro modo de resolver esta situação!
Ligeiramente o toquei:
-- Amor... Meu amor, acorda tem um gemido la fora!
E nada! assim o sacudi com vontade:
-- Amoorrrrr, por favor!
-- Hamm... Hummm! Che vuoi?
Meu marido é estrangeiro e nos comunicamos com a língua deste Pais em que vivemos.
Ele não fala o português, mas entende tudo que digo, mas vendo que ele estava dormindo resolvi falar o italiano assim talvez acordaria e me daria atenção!

--Amore, ti prego svegliati! C'è qualcosa fuori, sento strani rumori!
Amor este barulho não é normal anda levanta!
-- Ok! Hai vinto, cosa vuoi, che c'è!
Ele acordou agressivo e feroz! Eu sabia, pois quando dorme não gosta que alguém o acorde por nada!
Calmamamente falei:
-- Amor eu não consigo dormir, amanha é domingo e estou perdendo a minha melhor noite de sono porque estou ouvindo um gemido la fora!
-- Amore magari tu hai mangiato troppo e ora sta sognando!
-- Eu não estou sonhando e não comi demais, só falta você dizer que sou louca!
-- Scusa amore tu non sei pazza non gli dirò mai una cosa dei generi!
-- Amore mio, fai qualcosa ti prego!
-- Va bene, però tu viene com me, da solo io non ci vado!

Quando ele concordou o gemido aumentou, e sentimos tanto medo que decidimos estar parados como dois assustados resolvendo o que fazer.
-- Amore andiamo, qualcosa dobbiamo fare!
-- Eu também concordo com você, que tal abrirmos a porta?
-- Non! Così senza niente nella mano? Al meno me lo prende un spazzoloni!
-- Mas você acha que um rodo serviria para nos proteger?
Escuta... Parece gemidos de uma criança!
-- Amore ora te lo dico che sei pazza! Un bambino a questa ora da mattina?
-- Mas então o que pode ser, vai logo ver!
--Amore mio, ti confesso... Ho paura!
--Medo? Mas onde esta aquele herói que sempre me dizia que iria me proteger?
-- E' sparito amore, lui è sparito!
-- Então vamos chamar a policia, pois eles sim são corajosos!
-- Penso che non dobbiamo, la polizia non!
Dopo tutto questo io voglio andare in bagno!
-- Para fazer o que? Não me diga que te deu dor de barriga?
-- Proprio così!

E assim ele entrou  no banheiro e dali não saia mais! Meu marido é assim quando esta nervoso.
Resolvi bater na porta:
-- Amor anda!
responde:
-- Aspetta! Ma che vuoi? Non sai aspettare?
-- Amor eu quero dormir, só isto? Mas como posso dormir com um gemido assim?
E neste instante ele abre a porta e diz:
-- Amore ho trovato la soluzione!
-- Encontrou? Qual solução você encontrou? Você vai la fora?
-- Amore facciamo così, ascoltiamo la musica per dormire, così non sentiamo più quello rumore.
Perché andare lì fuori, io non ci vado per niente!
Non sono pazzo, ho paura, questa è la pura verità! Qui è tutto chiuso, siamo tranquilli va bene?
-- Amor, esta sim que é uma ótima solução!
-- Vede, ho sempre ragione! Allora dormiamo va bene?
-- Tudo bem, vamos dormir!


E eu confesso que adorei a ideia pois adoro ouvir musica para dormir, e ele não gosta, por isso nunca a escuto ao deitar, mas como ele queria dormir, até a musica eu pude escolher, e assim coloquei um som ligeiro e entrei debaixo do cobertor.
Demorei um pouco a dormir pensando o que poderia ser aqueles gemidos.
Eram constantes e muito estranhos, não era normal, iguais aqueles eu nunca tinha ouvido igual!
Assim liguei a musica e comecei a me acalmar e entre seus braços o apertei forte pedindo a proteção que ele sempre soube me dar!
Ouvi resmungar mas não liguei:
--Ma doveva essere proprio questa?
Delicadamente respondi:
-- Amore questa è bela, ti porta serenità!
Assim o beijei dizendo:
-- Boa Noite, amor!
-- Buona notte, e non svegliarmi va bene?
-- Tudo bem, te acordo amanha com um belo café!
-- Notte!
E assim adormeci...


Amanheceu
Amanheceu...
Estava preparando o café mas antes fui la fora olhar se via alguma coisa, mas não notei nada diferente.
Só  pedi aos céus de não ouvir sons como aqueles de novo na noite e voltei a preparar o café!
Meu marido acorda com um belo sorriso e me diz:
--Buon giorno vita mia!
E me abraçando apertado enquanto preparava o café falou:
-- Hai scoperto qualcosa li fuori?
--Non... Niente!
-- Sapevo che non era niente di grave, caso mai la polizia era già qui!
-- Questo è vero, però qualcosa c'era!
Ele sai para verificar e pegar o jornal da manha como faz sempre e abrindo a porta estava ali todo o mistério solucionado!
-- Amore... Amore guarda!
Um gattino che bello! Tutto bianco, vieni vedere!
-- Um gatinho? Então foi ele que miava daquele jeito como se chorasse!
Pedia carinho amor, porque não abrimos a porta?

Meu marido o pegou com todo zelo pois não resistiu quando viu aqueles olhinhos pedindo carinho!
Pegou uma vasilha pequena e colocou um leite em que ele não deixou sobrar nada.
-- Bello non! Prendiamo lui? Sembra che non c'è padrone.
-- Sim eu quero, aqui nunca temos nada para alegrar a gente, e ele é tão lindo!

E desde então este gatinho se tornou nosso aliado, nosso brinquedo de domingo principalmente, onde nossas tardes se enchiam de alegria ao olhar aquela pequena criatura que ao nos olhar dizia tudo!
Passamos a chamá-lo de Príncipe por se tornar um ser tão especial em nossas vidas!
Ele queria carinho e encontrou o lar certo!
Belo meu Príncipe que anos depois encontrou sua princesa e se apaixonou!
Um gato é um ser muito silencioso, mas muito inteligente. Tem capacidade de te envolver de uma forma que só convivendo que poderá entender!


Autora: Aymée Campos Lucas