Os InVerSos dEnTROoo De MiM!

Seja Bem Vindo em Meu Blog!
Desejo Muito que Possa Apreciá-lo. São Textos e Poemas Escritos Por Mim.
Eu Gosto Muito de Escrever... Na Verdade, Eu Amo Escrever.



sábado, 4 de setembro de 2010

INFINITO - RAF

 Esta musica, quando Raf a gravou fez um sucesso louco aqui na Italia... Nao sei o que o Raf representa no mundo artistico fora da Italia, mas digo que artista como ele, é mesmo de tirar o chapéu!
Aqui nesta musica ele fala de uma pessoa que mesmo estando distante por tanto tempo de um amor perdido, nao consegue esquecer, é um sentimento muito forte que representa o Infinito!
Eu adoro esta musica e sei cantar tudo!



INFINITO

L'ironia del destino vuole che
A ironia do destino quer que
Io sia ancora qui a pensare a te
Eu esteja aqui ainda a pensar em voce
Nella mia mente flash ripetuti
Na minha mente flash repetidos
Attimi vissuti con te
Momentos vividos com voce
E' passato tanto tempo ma
Se passou tanto tempo mas
Tutto e' talmente nitido
Tudo é totalmente nitido
Così chiaro e limpido sembra ieri
Assim claro e limpido parece ontem
Ieri, ieri, ieri
Ontem, ontem, ontem
Ieri
Ontem
Avrei voluto leggere ai tuoi pensieri
Queria ler os seus pensamentos
Scrutarne ogni piccolo particolare
Observar cada pequeno particular
Ed evitare di sbagliare
E evitar de errar
Diventare ogni volta l'uomo ideale
Me tornar cada vez um homem ideal
Ma quel giorno che mai mi scordero'
Mas aquele dia que eu nunca esquecerei
M'hai detto
Voce me disse
Non so piu' se ti amo o no
Nao sei mais se te amo ou nao
Domani partiro' sara' piu' facile
Amanha partirei, sera mais facil
Dimenticare dimenticare
Esquecer, esquecer
E adesso che farai
E agora o que fara 
Risposi io non so
Respodeu eu nao sei
Quel tuo sguardo poi lo interpretai
Aquele seu olhar depois eu interpretei 
Come un addio
Como um adeus
Senza chiedere perche'
Sem perguntar porque
Da te mi allontanai ma ignoravo che
De voce me afastei, mas ignorava que
In fondo non sarebbe mai finita
Em fundo nao terminaria nunca
Teso ero a pezzi
Tenso era em pedaços
Ma un sorriso in superficie
Mas um sorriso superficial
Nascondeva i segni di ogni cicatrice
Escondia os sinais de cada cicatriz
Nessun dettaglio che nel rivederti
Nenhum detalhe que te revendo
Potesse svelare
Pudesse revelar
Quanto c'ero stato male
Quanto eu estava mal
Quattro anni scivolati in fretta e tu
Quatro anos se passou rapido e voce
Mi piaci come sempre
Eu gosto de voce como sempre
Forse anche di piu'
Talvez até muito mais
M'hai detto
Voce me disse
So che e' un contro senso ma
Eu sei que nao tem sentido mas
L'amore non e' razionalita'
O amor nao é racionalidade
Non lo si può capire
Nao se pode entender
Ed ore a parlare
E horas a falar
Poi abbiamo fatto l'amore
Depois fizemos amor
E' stato come morire
Foi como morrer
Prima di partire potro' mai
Antes de partir nao poderei nunca
Dimenticare dimenticare
Esquecer, esquecer
L'infinito sai cos'e' 
Sabe o que é o infinito
L'irraggiungibile fine o meta che
Inatingível o final ou metade que
Rincorrerai per tutta la tua vita
Retornera por toda a sua vida
Ma adesso che farai
Mas agora o que fara
Adesso che io mi so
Agora que eu sei
Infiniti noi
Finalmente
So solo che non porta' mai finire
So sei que nao podera nunca acabar
Mai... ovunque tu sarai 
Nunca... Em qualquer lugar em que voce estiver
Ovunque io saro'
Em qualquer lugar que eu estiver
Non smetteremo mai
Nao vai terminar nunca
Se questo e' amore
Se isto é amor
Amore infinito
E' amor infinito
Ovunque tu sarai
Em qualquer lugar que voce estiver
Ovunque io saro'
Em qualquer lugar que eu estiver
Non smetteremo mai
Nao vai terminar nunca
Se questo e' amore
Se isto é amor
Amore infinito
E' amor infinito

Tradutora: Aymée Campos Lucas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar... A sua opinião, para mim, é muito gratificante.