Os InVerSos dEnTROoo De MiM!

Seja Bem Vindo em Meu Blog!
Desejo Muito que Possa Apreciá-lo. São Textos e Poemas Escritos Por Mim.
Eu Gosto Muito de Escrever... Na Verdade, Eu Amo Escrever.



sábado, 18 de setembro de 2010

Tudo de Belo!

Você me faz ver!

Ele era idoso,
Ele era cego.
Eu passei de relâmpago
E, por alguns instantes,
Foi ele a minha singular visão,
Aquela que me causou grande impressão!

Ele era jovem,
Ele era protetivo.
Foi assim que eu vi
Aquela imagem que, por todo o dia,
Circulou em minha mente,
em pensamentos eloquentes.

Ele era cego,
O outro enxergava.
Ele era idoso,
O outro era jovem.
Ele pedia amparo,
O outro amparava.
Ele precisava de indicação,
O outro indicava.
Ele era um homem de sorte,
O outro um rapaz forte!
Forte por sufocar seu viver
Para amparar um outro ser.

Talvez fosse o seu trabalho,
Talvez fosse seu pai 
Necessitando de amparo,
Ou apenas um doador 
Que não quer nada da gente,
Doando amor e apego sem pudor!

Ele era cego
Mas sabia o que fazia.
Ele era jovem 
Guiava seus passos e o protegia.
Através dos sons, ele descrevia
O que o cego ouvia e sentia!
Imaginei... Imaginava...
Que ele era cego, mas enxergava!

Enxergava muito além 
Que uma outra pessoa poderia ver!
Ver as folhas de uma árvore balançar
E não vê... 
Poderia ver o sol
Criando sombras e brilhando
Em toda a parte do mundo
mas não vê...
Poderia olhar o rosto de uma criança,
A fúria de um animal,
O peixe no mar,
As flores e suas cores
Mas nunca vê, nunca vê...

Ele era cego mas enxergava
Através de alguém que dizia,
Tudo que via!
Eu passei, eu o olhei,
Ele sentiu minha presença
- Mas que bom perfume!
Eu sorri , eu sorri muito!
E o jovem falando baixinho,
Descrevia tudo que o interrompia,
Tudo que na sua frente existia.

Fui descrita de algum modo
Para ele que era cego 
E assim, ele pode me ver,
Do seu jeito diferente,
Aumentando o ego da gente!
Eu sei que é sofrido
Mas, vendo de outra maneira,
Ele tem força para suportar,
A dor de viver, sem poder ver
De tudo que este mundo 
Tem a oferecer, a nos enriquecer!
Pudera todos nós humanos
Sermos cegos assim como ele!

Autora: Aymée Campos Lucas



3 comentários:

  1. Oi!
    Adorei o Post...
    quem dera eu ter o DOM que você tem pra escrever!! de onde você tira essas palavras...
    como pode, as palavras se completam... é lindo!!
    ___________###__________

    Valeu pelo Comentário...

    As musicas tem o Dom de nos acalmar, alegrar e também entristecer, outras fazem com que fiquemos eufóricos, agitados...
    "Good Enough do Lifehouse" me acalma...
    "Quando Eu Te Encontrar do Biquíni Cavadão" me faz lembra de alguém...
    é um maneira que encontrei pra me sentir perto... sem falar que tem tudo haver com que
    estou passando no momento...
    ___________###__________

    Em relação ao trem e os filmes, eu já fiz algo
    semelhante e também já sufoquei meu grito no "travesseiro" já que ninguém me ouvia foi a maneira que achei pra descarregar...
    outras vezes me tranco no quarto e lá passo o dia, pensando...

    ---outra coisa, Eu não sou ELA sou ELE...
    O Blog é de uma "colega" que não quis mais e eu estou tomando conta, pode ser que um dia Ela se arrependa e queira de volta, até lá sou o administrador...
    Não mudei o Login, senha, perfil e nem a URL por opção...
    Não vá pensar que estou me escondendo é que sou preguiçoso mesmo... e se Ela quiser de volta o blog não ira precisar mudar nada a não ser os Posts que eu postei...

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela admiraçao!
    Eu nao sei de onde vem...Essa minha inspiraçao!
    Eu so queria ser descobert por um grande agente, porque faria com ele se tornasse rico, kkkkkkkkkkk Pois consigo escrever poemas em 10min e mini livros em 4dias, rsrsrs

    Te explicando, o que posso dizer que pela manha eu acordo assim, querendo escrever algo, e assim eu a caminho do trabalho observo algo e penso: Isto pode virar uma historia!
    E mesmo que nao veja nada eu imagino e tenho que ter imediatamente uma folha em branco e uma caneta, porque se nao escrevo no mesmo instante, tudo desaparece da mente...

    Aquilo que escrevo sao meus pensamentos intimos, aqueles que todos no temos durante o dia e que nao falamos pra ninguem.
    Por isso existe o esquecimento, porque sao pensamentos e nao compromissos.

    Uma vez eu li que isto faz parte da alma de um escritor.Um escritor tem sede de criar, e quer criar cada vez maior os seus textos... Eu tenho sintomas dessa doença maravilhosa, kkkk Eu tenho todos os sintomas de um escritor, rsrs

    Eu comecei a escrever ontem um outro livro de bolso, e parece que vai ficar legal... Este leva mais tempo e antes de escrever eu o idealizei todo na mente e coloquei ositens no papel para nao esquecer, rsrs e ali com o resumo eu vou desenvolver. E' um drama com desespero e romance...

    Ahhh legal saber sua identidade, rsrs eu jurava que estva falando com uma garota, hehehe Eu havia me identificado muito com ela, kkkkk Agora por surpresa minha me identifiquei com ele, hehe Mas seu nome entao seria?

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar... A sua opinião, para mim, é muito gratificante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...