Os InVerSos dEnTROoo De MiM!

Seja Bem Vindo em Meu Blog!
Desejo Muito que Possa Apreciá-lo. São Textos e Poemas Escritos Por Mim.
Eu Gosto Muito de Escrever... Na Verdade, Eu Amo Escrever.



domingo, 17 de abril de 2011

Aventura de Louco...Todo Mundo Quer um Pouco!... XV

Onde Nasce uma Paixão!

E assim, o fiz... Abri e olhei tudo um pouco, mas com uma vontade enorme de chegar na página que pretendia...  Folheava lentamente, observando as tais contas a pagar, mas no meio de tudo estava lá, aquela linda carta,  escrita para mim e antes que a lesse, eu sorri para ele mostrando uma enorme satisfação dele não ter escondido isto de mim, dele ser a pessoa que amo tanto! 
E para compensar, mostrei para ele que também não estava escondendo nada dele, pois ao abrir, fui para o final da carta e o mostrei que tudo aquilo que li, bem antes dele chegar, me emocionou demais. Assim, deixei escrito juntamente com um coração desenhado e uma enorme letra, a frase:
"Não esconda nada de mim, amor, porque eu te amo muito!"


E assim, a estória continua...
     O sonho Revelava um Intruso...  
Deixando Augusto Júnior Confuso!

Dengos...  Me fazia tantos dengos! 
Não se importou que eu tivesse lido a sua carta. Os beijos contínuos diziam isto. Parecia muito feliz por eu ter descoberto este seu segredo, porque para ele se expressar, havia uma grande dificuldade, e um pequeno empurrão, poderia ajudá-lo a se soltar mais comigo
Ligeiros pensamentos pairavam ao olhar para ele...
"Eu fiz a coisa certa, tenho certeza disto. Li tudo, mas não omiti, não menti, porque isto não faz parte da minha pessoa. 
Antes, havia escutado um conselho de Letícia e não funcionou e se tivesse escutado os conselhos de Cornélia, tudo ficaria diferente de como está agora... Mas, por que eu deveria levar para o túmulo uma coisa que se eu revelasse, poderia melhorar a minha vida, aliás melhorar a vida de nós dois? 
Não sei porque Cornélia agiria assim, mas deve ter suas razões. Talvez, o silêncio de seu marido a fez silenciar também... Por que falar se seu marido não iria responder?
Deve ser muito difícil amar alguém que fala pouco e não demonstra coisas ou não dá respostas que desejamos. Eu vou é falar, vou falar tudo que penso. Assim, só tende a melhorar minha vida com ele. Mesmo que fale de forma agressiva ou indesejáveis, na hora da raiva, não importa, o importante é falar."


Assim, falei:
- Amor, eu adorei tudo que li e queria te dizer que também não quero estar longe de você por muito tempo. Tudo que você escreveu, me fez sentir vontade de descobrir algum modo para estarmos juntos e nos conhecermos a cada dia mais um pouco... Na verdade, eu quero mesmo é um dia estarmos juntos de verdade. Estou sentindo um amor grande, e queria que ele tivesse forças para desenvolver. 
- O futuro nos espera amor! 
Se você realmente acreditar em nós,  eu farei de tudo para que, em um futuro próximo, você esteja comigo. Será complicado sabe, mas eu sei inventar maneiras para que isto aconteça e a faculdade...  Já estou no fim do curso. Esta minha futura profissão vai poder nos ajudar. 
Você nem pode imaginar o que já passou em meus pensamentos para poder estar com você!
- Você já está pensando nisto?
Perguntei toda alegre porque o nosso falar, estava dando um belo resultado.
- Não viu a carta? Eu só penso em estar por toda vida com você!
- Eu vi a carta, sim... amor, você escreveu maravilhosamente! Ao ler, meus olhos enchiam de brilho, me entristeci quando li seus lamentos ao pensar em sua mãe, li o quanto você admira a sua avó, e no final, o quanto me admira e me deseja...

- Te desejo tanto... é muito forte, e eu tremo todo o meu corpo quando te toco, e não quero que isto chegue a um fim. Eu olho para você e quando vejo este seu rosto, este narizinho delicado, este olhar malicioso e sapeca, esta boca vermelhinha, eu vejo um futuro! Neste futuro eu vejo uma filha com todos estes traços, que nos meus braços, me fará mais feliz, ainda.
- Amor! Amorzinho lindo, me abraça forte. Sabe que poderia ser um homenzinho com este seu olhar brilhoso... Ele nos seus braços, falando papai... minha nossa, eu acho que estamos exagerando, não?
- Não, claro que não! Se a gente quer isto, em um futuro, não é exagero, é só desejos e sonhos que poderão ser realizados. 
Estou te amando tanto amor!
Falou todo carinhoso... eu só sentia vontade de abraçá-lo forte e beijá-lo quando ele de repente lembrou:
- E por falar em sonhos, vamos revelar aquele meu sonho? O livro que revela sonhos é este? Será o que significava? Espero que não seja nada ruim! 
Toda vez que me lembro daquele Ser, no qual eu não via o rosto, me vem um nervoso! 
Ele, no sonho, te ensinava a cavalgar e quando se virou e eu pude ver, era um macaco querendo te beijar. Parecia um aviso como se alguém quisesse invadir o nosso relacionamento.
- Que exagero! Quem poderia se intrometer em nosso relacionamento? Não tem como existir ninguém capaz disto e foi por isto que no final, virou macaco. 
Falei dando gargalhadas e ele também ao lembrar, sorria muito e falou:
- Mas vamos ver o que poderia significar?
- Vamos sim, me dê o livro... Bem, no sonho você estava escondido e havia alguém me ensinando a andar de cavalo,certo?
Perguntei sorrindo e recordando e continuei...
- Então, esta cena podemos procurar no livro como ciumes ou insegurança...
- Não! Eu não sou ciumento!
- Mas no sonho você é.
- Tudo bem, então vamos olhar.
- Encontrei...Ciúmes . Bem, aqui diz... Nossa, é muito grande a resposta. 
Diz que geralmente, são os homens a sonhar sonhos deste tipo, em que o seu par provoca a eles ciúmes estando junto a outros, assumindo comportamentos provocantes...
Diz também que se confirma isto, porque o homem continua a ser, por razões históricas e culturais, muito possessivo. Só o pensamento que a sua mulher possa traí-lo, pode dar vida a repetidas visões imaginárias dominadas de tormentoso ciúmes.   
- Eu não sou assim. Não tenho ciúmes e nem sou possessivo...
- Calma, amor é só uma leitura...
Falei para ele toda sorridente, porque sei que na verdade, um pouquinho de ciúmes ele deve ter sim. 



Então continuei:
- Aqui está dizendo que na psicologia se diz que o ciúme é semeado na primeira infância, quando desejamos ter exclusividade do afeto materno e percebemos que deveremos dividir este afeto com o pai e irmãos, provocando insegurança e fazendo desejar que, em um futuro, a pessoa amada seja toda para a gente, seja única... Desejando ser para ela sempre a sua principal escolha em tudo que faz.
O conselho, aqui dado, é que um pouco de ciúmes faz bem para apimentar uma relação pois é o sal do amor, mas sonhar sempre com ciúmes, quer dizer que no fundo somos como crianças imaturas. Precisa decidir crescer e aprender a equilibrar o relacionamento da maneira que não faça o outro se sentir sufocado com o nosso amor. 
- Amor, na carta que te escrevi, eu falo sobre minha mãe sempre me vendo como o meu pai. Talvez eu sentia ciúmes disto e agora, estou tão inseguro e sonho com alguém querendo tirar você de mim.
- Pode ser... te causava insegurança ao ponto de fazer você sentir vontade de ir embora. 
Meu amor, isto talvez não queira dizer nada, pois você só sonhou uma vez e aqui diz que, pode causar danos se sonhar muitas vezes... 
- Eu espero não sonhar mais isto, pois não quero parecer uma pessoa insegura e imatura aos seus olhos, ao ponto de sentir ciúmes por alguém que, em um futuro, venha se aproximar de você. Não desejo ser assim.
Continua pois estou gostando. Tinha cavalo, a sua queda, o macaco e eu jogando água nele... Nossa, este sonho tinha muita coisa!
- Vamos ver  o que significa sonhar com cavalo, então.
Achei! Nossa, é enorme! Deixa eu ler primeiro para resumir...
- Não, amor, leia tudo.
- Diz assim: Pensando na qualidade do cavalo, ele é um animal nobre, inteligente, elegante. Possui uma sua dignidade. Ele é impetuoso, fogoso, selvagem dificilmente dominável. Com todas estas qualidades, algumas delas poderão fazer parte de você. Caso nenhuma pareça com você, pode ser porque você está vendo a classificação em seu par. Talvez ela seja uma criatura livre que você está cercando de colocar freios. Se não é este o caso, poderá verificar então, que se você é uma pessoa jovem o cavalo representa impetuosidade, astúcia, desejo de viver... 
Fala também sobre cores... qual foi a cor do cavalo que você sonhou?
- Eu não lembro, disto eu não lembro.
- Então, isto não fez parte do sonho... 
Olha que interessante o final! Fala sobre cavalgar e era isto que eu estava para fazer... diz que o sonho de cavalgar poderá representar o desejo de atividade erótica.
- Tem um pouco de verdade nisto, sim! Porque... Ultimamente, não penso outra coisa. 
Falou sorrindo maliciosamente continuando a falar:
- Vamos ver macaco... 
Aqui, diz que segundo a teoria de Darwin somos descendentes deles. Este animal simboliza então, mais que qualquer outra coisa, o espírito primordial que agita em nós. Em uma interpretação sexual o macaco representa o sexo sem freio, a luxúria... 


Quanto a estar de longe a observar o que eu fazia, aqui, diz que se observar alguém significa que você deseja conhecê-lo melhor, saber tudo desta pessoa e saber o que ela pensa de você. 
Olha que interessante, amor, isto aqui... "Recorde que muitas cenas relativas a observar, tem haver com curiosidade sexual."
Você reparou em uma coisa neste seu sonho amor?
- Sim... reparei que tudo acabou em sexo! Que sonho promiscuo este meu, não?
- No final, a conclusão deste sonho é que você está cheio de desejos e louco de vontade de mostrar este seu lado impetuoso, fogoso, selvagem e dificilmente dominável. E vendo o macaco que na verdade, poderia ser um homem, mas um homem na forma do macaco que representa "sexo sem freio e luxuria", faz você se sentir inseguro, pensando que ele poderá fazer tudo isto no seu lugar. 
Que loucura! Realmente tudo neste sonho, acaba em sexo!
Olhamos um para o outro e caímos na gargalhada, pois, os nossos momentos a sós, quase sempre o que desejávamos era sexo a todo vapor!
- Que tal concretizarmos este sonho antes deste macaco aparecer?
Falou ele me olhando com um ar de pedinte ... 
Tão lindo este seu jeito descontraído que eu estava vendo, bem ali, perto de mim! Parecia que tudo lá fora, nem existia. 
Ele parecia como uma onda forte querendo me engolir inteira, e eu, não sabendo me livrar desta onda, teria de ser engolida.


Começamos a nos acariciar de todas as maneiras quando ao improviso iniciamos a ouvir gritos de Letícia. Eram gritos muito fortes a me chamar.
- Olívia! Olívia venha! Júnior! Olívia!
Vesti algo veloz e fomos ver o que estava acontecendo. Quando cheguei, fui logo perguntando:
O que foi? Você está querendo nos assustar?
- Venha, aconteceu algo grave com o filho de Cornélia.
Falou Letícia muito agitada. Desci as escadas que me levava ao campo que ali havia, era coberto de gramados bem verde e macio. Esqueci que sentia dores no pé, aquela dor não significava nada pelo que senti em me coração. Aquela dor se tornou minúscula e eu só queria chegar até Cornélia, que estava muito nervosa com lágrimas nos olhos se preparando para ir ao hospital da cidade. 
Disseram que seu filho Eduardo estava brincando perto da casa, quando aspirou um corpo estranho o deixando sufocado. Não conseguiram identificar o que era. Imaginaram que poderia ser uma pequena pedra ou algo pequeno que poderia estar naquele terreiro. Crianças pequenas não tem noção de perigo e quando isto aconteceu, Antônio estava perto dele, mas se distraiu, por apenas alguns segundos, causando este acidente.
Quem falou tudo isto foi o irmão de Cornélia que estava, ali de frente, pronto para levar Cornélia ao hospital de cavalo.
Lucas não deixou, oferecendo de levá-la com o carro, pois o caminho era longo, deveria ir à Cárceres onde se localizava o hospital. Cárceres era a cidade mais próxima do sítio e havia um grande hospital onde a assistência para primeiros socorros, era sempre muito organizada. Lucas disse que, ali, a criança estaria em boas mãos, pois conhecia muito bem o hospital. Ele sempre ouvia falar porque o pai de Lucas, tinha grandes amizades com os médicos. Os médicos, dali, faziam parte do grupo de caça que seu pai organizava.
Assim, todos nós aproveitamos para irmos, assim, poderíamos estar perto dela em uma situação tão dramática. 
Seu irmão deveria ir à cavalo, porque não havia lugar para ele no carro, mas ele não se importou, pois, já estava habituado a fazer percursos longos de cavalo. 
Eu estava tão agarrada à Cornélia que nem havia visto bem seu irmão, como também. nem nos apresentamos. 


Tudo aconteceu tão veloz, que no mesmo instante que estávamos ali parados, naquele pequeno campo, em segundos depois, já estávamos pela estrada em direção à Cárceres. 
Penso que nem fechamos a casa... Assim, falei:
-  Esquecemos de fechar as portas da casa, Letícia!
- Claro que não, eu fechei tudo, esteja tranquila. Agora, estejamos tranquilas... Cornélia, tudo vai andar bem, Deus é grande e vai proteger este anjinho.
- Obrigada, Letícia, pelo seu carinho. Deus é grande, sim e não vai me deixar na mão agora, eu sei que não!
Aquele sitio estava realmente se tornando a minha vida. A vida que qualquer pessoa que ama a natureza poderia desejar. Eu, naquele momento, comecei a imaginar o quanto estava me envolvendo com todos daquele lugar. Neste instante, estava para conhecer o filho de Cornélia e nossa aventura estava ficando um pouco de lado para podermos amparar amigos que conquistamos. 
Para Lucas aquele casal Antônio e Cornélia era como da família. Lucas tinha um carinho e respeito pelos dois e eles sabiam muito bem disto, por isto, eram sempre muito dedicados à Lucas e seus pais.
Depois de um longo percurso, chegamos ao hospital. Ao entrar tivemos a informação que Eduardo já estava sendo atendido e que não precisávamos mais nos preocupar, porque o perigo já havia passado. 
Quanto felicidade pude ver nos olhos de Cornélia! Aquele filho era tudo para ela. Ela sempre falava muito dele nas suas conversas, contando o quanto ele era peralta e o quanto radiava alegria . Dizia que era muito sorridente e quando ela estava perto dele, tudo se tornava luz!
A enfermeira levou Cornélia para perto da sala onde Eduardo estava sendo atendido. Eu fui junto a ela, não conseguia estar longe dela, naquele momento. Ela segurava a minha mão, por todo instante, como se quisesse a minha presença ao seu lado. 
Quando chegamos, vimos Antônio todo silencioso e cabisbaixo. Ao ver Cornélia a abraçou muito forte, mas como sempre não falava muito. Foi ela quem pediu que ele contasse o que havia acontecido. Assim, ele então falou bem resumido, contando tudo. Eu de longe pude observar a cena... Havia muito carinho da parte dele e mesmo falando pouco, ele demonstrou em gestos como um forte abraço!
Depois de assistir este momento único, voltei para perto de Júnior deixando os dois viver aquele momento à sós.


Todos estavam ali sentados em um banco do hospital, no corredor perto da recepção. Quando me sentei, Júnior me fez um carinho mordendo em minhas mãos e depois me pegou entre os braços como se estivesse me dando colo. Havia tanto conforto... sempre que estava perto dele era assim. 
Ele me abraçava e tocava o meu cabelo, enquanto eu olhava o movimento de todos que circulavam no hospital. Aqueles toques em meu cabelo me acalmava mais que tudo!
Lucas e Júnior se falavam e Letícia falava comigo. Fazíamos comentários do que víamos, ali dentro do hospital. Apesar de ser um hospital, era um belo hospital. Tudo era muito limpo, e as paredes da recepção eram em tons amarelo e laranja. Isto me chamou muito a atenção, pois, sempre via outros hospitais totalmente branco, que era a cor da paz e desta vez, estava vendo algo diferente, como se estivesse em um ambiente de uma casa. Penso que este modo poderia ser um novo método de cura. Fazer com que as pessoas doentes se sentissem em casa. 
Neste momento, a porta principal abre e entra um pessoa. 
"Que homem belo! Será um doutor ou enfermeiro?Mas, não está de branco e sim, de jeans e malha. Talvez, aqui ele mude de roupa ou talvez, é um pai de alguma criança que está internada... só sei que era muito belo!"
Júnior ali fazendo carinho em mim e eu olhando um outro rosto completamente diferente. Havia um olhar um pouco asiático e assim, comecei a pensar, deixando de falar com minha irmã...
"Mas de onde surgiu isto, meu Deus?"
Minha irmã também se calou, talvez, estava vendo o mesmo que eu, ou estava dando carinho a Lucas, nem sei, pois, meus olhos só viam aquele rosto.
Pensei novamente falando comigo mesma:
"Olivia sossega, onde já se viu agir assim! Eu acabei de dizer eu te amo e estou apreciando outro rosto, outra pele" 
Ele continuava ali na recepção pedindo informação debruçado no balcão da recepção. Aproveitei para olhar aquele traseiro perdido em um jeans caído, como se não tivesse um cinto.
"Será errado olhar para outro quando se ama? Será que se passasse um linda mulher, aqui e agora, Júnior deixaria de olhar para ela? Eu penso que não! Acho que coisas assim é muito normal, é instintivo. Este modo de ser pertence a todos e muitas vezes, nós mulheres, olhamos também para outras mulheres, que consideramos uma ameaça para nós.


Ele é perfeito mas não quer dizer que deixei de amar Júnior. A que serve a perfeição se nem sei o que tem em sua mente? Uma perfeição provisória que com o tempo vai embora... O que tenho perto de mim já se tornou perfeito, desejável!"
Ele parecia um cowboy, mesmo não tendo um chapéu na mão. Definitivamente não era um medico. Médicos não vestiriam um jeans assim todo largado.
"Que cabelo lindo. Ele tem tanto cabelo!... Agora está vindo em minha direção. Vou poder observá-lo melhor quando ele passar. Oh meu Deus, ele está parando! Será que percebeu que o olhava?"
- Você não demorou nada, cara! O seu cavalo é uma Ferrari?
Falou Lucas olhando para ele e como de costume brincando.
" Senhor de Deus, ele é o irmão de Cornélia! O irmão de Cornélia e eu nem tinha notado o quanto ele era lindo, quando estava naquele sitio. Se soubesse disto viria a cavalo com ele, pois, é lindo demais! 
O sonho de Júnior estava se concretizando, neste momento, e agora, estou pensando que o macaco que Júnior havia visto, é nada mais, nada menos que o irmão de Cornélia."

- Eu sou habituado com cavalos, para mim, eles são como carros!
Respondeu com uma voz rouca e um sorriso diferente...
- Pessoal, para quem não conhece ainda, este é Juliano, o irmão de Cornélia. 
E assim, se fez as apresentações, enquanto percebia que seu olhar se fixava em mim! Sentia nas minhas costas movimentos de Júnior procurando me abraçar mais forte. Júnior dizia de não ser ciumento, mas demonstrava o contrario!

Autora: Aymée Campos Lucas 
 Aventura de Louco... Todo Mundo quer um Pouco.
Capitulo 15
Todos os direitos reservados 


Elenco musical deste capitulo:
Simon & Garfunkel - The Sounds Of Silence
Craig David - Im Walking Away
Travis - Closer
Feeder - Feeling A Moment
Avenged Sevenfold (A7X) - Dear God 
Inxs - By My Side

Toda interpretação feita do Sonho de Augusto Júnior, foi realmente  analisada em um livro que me pertence, chamado: Il nuovissimo Libro Dei Sogni di Caterina Kolosimo e o mais interessante foi que eu pesquisei nele somente hoje para escrever e... Pesquisando, percebi que o sonho que havia criado, teve uma completa sintonia com a interpretação. Muito curioso eu achei tudo isto e senti vontade de dizer.
No próximo capitulo, este rival será que vai prejudicar este relacionamento que está, cada dia, crescendo mais? Aguardem para saber....

Para quem desejar ler o inicio do meu livro, este é o Link:

14 comentários:

  1. Aymée... minha italianinha do coração...!

    A trama ficou em nível crítico com a aparição do maninho de Cornélia....
    To ligadão e lendo sempre que posso, pois me falta tempo ultimamente... mas não vou deixar de ler... ok
    Mas esse capítulo eu achei pur dimais de interessante.... hehehehe
    Lá estava o macaco nos sonhos.... Era o Xipan Zeca eu aposto... kkkkkkkkk
    Vou guardar bem esta definição dada pelo livro dos sonhos :-" Em uma interpretação sexual o macaco representa o sexo sem freio, a luxuria...".... DeussssssssssssssssKimeajude... rssss

    Se o pissuar ficar sabendo disso, nem a Xitta me segura mais... kkkkkkk

    Beijo sempre querida escrivinhadora Aymée..
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Xipan eu sabia que voce ia dar o seu grito de independencia!
    Nao se esqueça que quando escrevo penso sempre em te agradar.
    Este livro de sonhos é muito completo.
    Um dia voltando do trabalho, eu estava caminhando em uma calçada para chegar no metro e la havia varias lojas e sempre tem garotas e rapazes de faculdade que trabalham para um livraria que tem ali.
    Um dia um garoto de 19anos conseguiu me convencer de aproveitar a oferta desta livraria e me levou até a ela para me inscrever em um circulo de livros, onde em cada mes deveria comprar um livro.
    Assim fiz, e quando acabei de fazer tudo disseram que eu poderia escolher um livro que pagaria apenas 5Euros.
    Este rapaz me mostrava de tudo, todas os Best Seller e eu so queria este livro dos sonhos, pois ao olhar as prateleiras ele me chamou a atençao.
    Escolhi e trouxe para casa toda feliz! Eu sonho muito e recordo sempre do que sonhei entao me servia como agora esta servindo para utilza-lo em meu livro, rsrsrsrs
    Aquele sonho foi todo inventado quando havia escrito nao imaginei o quanto tinha haver quando vi a interpretaçao!
    O que me faz feliz em escrever este livro, é que estou conseguindo criar um belo ritmo na estoria, nao é Xipan?
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Aymée...

    É vero, tem coisas que não buscamos... Elas nos encontram!! Assim como essa estória do livro que tu acabou por comprar.. rss
    Teus escritos estão ótimos e com certeza vai se "xúxéxxxxxxxo" total... rss
    Poxa, agora eu sabo pra quem perguntar sobre o que andei sonhando.... rss Tu terás as respostas.. yéhh!
    Olha, quando comento sou sincero... vc sabe né!... As vezes fico meio atrasado na leitura e aí preciso ir ao post anterior e dar uma relida rápida pra me posicionar.... sácumé né.. rss

    Mas tá sim e é muito cativante a maneira que você relata ... Sou teu fã então sou um tikin suspeito. rss

    Beijo menina escrevedeira....
    Tatto

    ResponderExcluir
  4. Xipan quando voce sonhar e conseguir lembrar o que voce tem de fazer é lembrar o que tinha no sonho assim poderemos olhar aqui respostas sim, rsrsrs
    Voce nem acredita mas hoje eu sonhei com um coco(merda) em cima de alguma coisa. Nao lembro de mais nada so isto, mas nem olhei ainda o que pode representar, to com medo! kkkkkkkkk

    No sonho de Augusto tinha muito mais coisas como agua, balde, eu caindo do cavalo, desmaio, beijo, ele querendo bater no macaco... Mas se eu fosse colocar tudo, o capitulo nao iria terminar entao escolhi os principais e fiz questao de escrever como estava no livro.

    Quando quizer, me pergunta que assim vou ser a sua guru! kkkkkkkkkkkkkkkkkr

    ResponderExcluir
  5. Aymée, essa sua Olívia é bem inconstante mesmo, hein? Aliás, como é comum nas mulheres...
    E o Júnior, sonhando com o Xipan Zéca roubando a namorada dele!
    Agora, pelo visto, já tem coisa!
    Ela já olhou nos olhos do outro, por cima do ombro dele! Se fosse eu, já me consideraria chifrado!
    Não sei não, mas acho que se isto continuar,o carinha vai ter dar uma dura nela, forçar uma decisão, porque se ficar pagando pra ver...
    vai ver!
    Bastou ela ver que o cara tá amarrado nela pra começar a procurar a próxima vítima!
    Valeu, Ragazza!
    Botou pimenta no risotto!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Leonel, rsrsrsrs
    Eu queria esquentar um pouco a historia, para nao ficar cansativa. Nos livros de romances tem muito disto e eu pensei: Nada como um vilao na estoria para fazer tudo ficar animado.
    Depois criei o acidente porque assim os personagens participam sempre da estoria, hehehe
    Aguarde e vera se ela é mesmo inconstante.

    Para mim Olivia é na verdade muito curiosa com tudo,pois viveu 4anos de sua vida com um namorado que nao deixava ela fazer nada e agora ela começou a se sentir livre e nao deseja para ela algo igual teve um dia.
    Mas Olivia é decidida e sabe fazer suas escolhas. Ela também é timida e muito calada, nao é facil alguém aproximar, mas olhar nao custa nada, e como falei qualquer pessoa faz isto. E tem uns que sao taos discarados que faz sem ter medo que a gente veja e depois se tiver com um amigo comenta em coxichos fazendo com que a gente se sinta insegura.

    Olivia sabe o que quer. O que acontece nesta estoria é que Olivia escreve de sua vida como um diario e ali ela coloca todos os seus pensamentos, que se fosse dizer, seria proibido, mas ao escrever ela relata tudo. Ela nao tem culpa de saber que muitos estao lendo! hehehe
    A mente de uma pessoa tem misterios que so ela sabe, mas ao escrever eles andam, rsrsrs
    Agora me diz uma coisa Leonel este risoto ficou foi bom com pimenta nao?
    Este sonho de Augusto aconteceu no capitulo da cachoeira,onde teve a pescaria e eles passam a noite la acampados. Penso que é um capitulo antes daquele que Olivia machuca o pé ao retornar, rsrsrs
    O negocio é inventar,rsrsrs vamos inventar porque os leitores gostam de açao, rsrsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Aymée,

    Aposto meus dedos que se fosse o Júnior a olhar outra a ala masculina acharia hiper natural, como foi a menina ....é aquela velha lei: homem pode, mulher não...
    Será que ela irá trocar o namorado pelo mano da Cornélia?????
    Até que seria legal!rs
    Os nossos amigos iriam ficar de cabelos em pé!rsrsrsr

    Teus escritos estão ótimos amiga!
    Até estão a me lembrar o estilo da Danielle Still!

    Beijinhosssssssss

    ResponderExcluir
  8. "- Eu sou habituado com cavalos, para mim eles são como carros!"
    Sandra, um que fala uma frase assim é macaco puro! kkkkkkkkkkkkkkkk O certo era ela trocar ou pelo ao menos experimentar e levar o segredo pro tumulo, kkkkkkkkkkkkkkkkk mas a outra pessoa é Olivia e ela é muito diferente de todas, muitas vezes alguem tenta dar conselhos a ela mas ela nao escuta ninguém.

    Nao sei ainda o que eu vou fazer, mas sei de uma coisa... Quando a gente for em uma viagem para se divertir o melhor a fazer é conhecer primeiro o ambiente, pra depois achar um par, hehehehe

    Obrigada Sandra por estar gostando. Gostei muito do que falou e voce esta certissima.
    La na interpretaçao do sonho fala disto.
    "Sao os homens a sonhar com coisas deste tipo" quando fala do ciumes diz isto porque eles sao possessivos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Sandra,
    Esqueci de escrever o quanto fiquei honrada aqui em ler que voce pode me comparar com esta escritora etraordnaria!
    Eu adoro o modo que ela escreve e realmente voce esta certa em dizer que posso lebrar o modo dela, porque na verdade aprendi muito com ela, isto eu sou segura.
    Qando leio os seus livros eu leio apreciando cada palvra encaixada no lugar certo!
    rsrsrs

    ResponderExcluir
  10. Querida Aymée,

    O negócio está hot... pegando fogo, se já era difícil admistrar a história com o Jude law, imagine agora com o Keanu Revees. Morri...
    Andei distante dos blogs amigos, pois, estava meio doentinha. E você como está? A imaginação à toda, coisa boa.
    Beijos e uma linda semana pra você.

    ResponderExcluir
  11. Ola Yanna,
    Pois entao, a coisa ficou dificil, rsrsrs
    Mas fique sabendo que depois que andei lendo estes ultimos comentarios, fiz uma bela analise de como eu gostaria que fosse o resultado, e assim ja criei todo o final do livro... Nao vou mudar por nada deste mundo porque o final para mim ficou surpreendente e lindo eocionante.
    Vai demorar um pouquinho ainda, porque tem algumas aventuras para eles divrtirem o publico, como ir na Chapada dos Guimaraes, tem o almoço na mae de Lucas em Carceres, e outras coisinhas mais.
    Quando comecei a escrever este livro andei olhando alguns livros e analizando o numero de paginas e quantos capitulos haviam, para me basear e decidi naquele periodo, criar 28 capitulos. Espero que consiga chegar la.

    Yanna quando eu escolhi Keanu Reevers como rival, pensei em voce!
    Sabe porque?
    Porque em um de seus recados voce havia dito que quando voce le a estoria, na sua imaginaçao o Jude Law esta sempre la ao ler, rsrs entao pensei vou deixar Yanna doida é agora, colocando este beleza de homem para voce poder também imaginar.
    Agora para a receita ficar melhor, nao coloque aquela Olivia nao, coloque voce com eles, hehehe Assim tudo fica Azul! rsrsrs


    Beijos e muito obrigada por sempre vir aqui falar um pouquinho comigo e principalmente por estar lendo este livro.
    Na minha dedicatoria eu irei escrever o nome de todos os blogs que me acompanhou nesta Aventura de Louco!

    ResponderExcluir
  12. Bom dia querida, esquentando as coisas por aqui. Sem esquecer da vida real, onde acidentes acontecem, ciúme enlouquece, e o medo de perder quem ama deixa meio perdido. Muito bom este capítulo, será que Olívia vai trocar de namorado, conciliar os dois, ou resistir a tentação? Rs. Voltarei para ler.
    Desde já te desejo um ótimo fim de semana, que começa mais cedo, devido aos feriados. Beijos da Joii.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Aymée, passando pra dizer, que ainda estou te devendo as leituras. Auguro una buona pasqua a te e famiglia.
    Beijos, Margleice.

    ResponderExcluir
  14. Tudo continua lindo por aqui!!!

    Amiga,

    Passa lá, veja nosso trabalho...

    ABRAÇO!!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar... A sua opinião, para mim, é muito gratificante.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...